O que acontece quando se criam impostos para os mais ricos?

Todo mundo um dia já parou pra pensar em soluções para problemas que envolvem a crise no Brasil. Algum dia você com certeza já deve ter pensado: "Se o Brasil está em crise, por que o governo não imprime mais dinheiro e acaba com o problema?" Mas tudo não passa de uma mera ilusão.

Como seria se a Terra tivesse anéis assim como Saturno?

Nossa visão do céu seria bem diferente. A exemplo de Saturno, os anéis estariam entre 7 mil e 80 mil km acima da superfície, posicionados acima da Linha do Equador. Vem ver mais.

Mulheres que abortam têm mais chances de cometer suicídio, segundo estudo

Mulheres que fazem abortos também têm quase o dobro de risco de desenvolver problemas mentais em comparação com as demais pessoas, segundo estudo.

30 curiosidades que você não sabia sobre os cachorros

Será que você conhece tanto assim sobre os cachorros? Veja nosso artigo

Você quer que a Curiozone poste mais sobre Automóveis?

Envie um e-mail para curiozonebr @ gmail.com com sua sugestão.

22/09/2017

Ladrão fica preso durante roubo e chama a polícia na Holanda

Um homem que invadiu um edifício para roubar na cidade holandesa de Nederweert teve que chamar a polícia depois de ter ficado preso, informou nesta terça-feira o site de notícias "Dutchnews".

O homem, que estava embriagado, tinha invadido a propriedade durante a madrugada, mas depois que a porta do edifício fechou e ele não viu possibilidades para escapar, resolveu escalar o telhado e chamar a polícia.


"Pelo telefone ele tentou contar uma bela história, mas sua presença na propriedade às 4h45 e o alerta recibido em nossa central deixaram claro que na realidade queria entrar para roubar", explicou a polícia da província de Limburgo em sua página do Facebook.

"De vez em quando os ladrões fazem nosso trabalho ficar realmente fácil", disseram.

A polícia o conduziu para delegacia e, após comprovar que o homem tinha bebido tanto que não sabia o que fazia, ele acabou liberado

Fonte: G1

Você sabia que nós humanos podemos literalmente morrer de rir?

Ah, como é gostoso ver alguém rindo e até mesmo quando a gente tem uma crise de risadas. Quase sempre associamos esse fato à felicidade, alegria e momentos divertidos. Rir é contagiante e faz bem à alma. Muito melhor o riso do que o choro, concorda? Bom, nem sempre isso é verdade.


Para quem não sabe, rir em excesso pode fazer mal, trazer graves consequências e acaba levando até à morte. É verdade e isso tem até nome. Chama-se hilaridade fatal, termo adotado em 1956. Existem, inclusive, muitos casos de morte provocadas por crises de risadas desde a antiguidade até os dias de hoje!

Causas e consequências de uma crise de riso

Um estudo recente divulgado pela revista britânica British Medical Journal (BMJ) revelou que o riso em excesso pode causar danos à saúde, pois os tecidos pulmonares se rompem e se dilatam. Isso causa engasgamentos, falta do ar, provoca desmaios, arritmia cardíaca e enfisema, entre muitos outros problemas.


Pessoas asmáticas correm muitos riscos. Uma crise de riso pode ocasionar um ataque ou até mesmo um pneumotórax, que é conhecido também como “pulmão em colapso”. Isso acontece quando ocorre um acúmulo de ar na cavidade pleural. Pessoas com problemas musculares também perdem toda sua força.


A revista Splitsider publicou, em 2011, um levantamento que aponta que 6% da população têm algum aneurisma cerebral e não sabem disso. Essas pessoas correm um sério risco de romper uma veia no cérebro após rir sem parar. A chance de ruptura em pessoas com problemas coronários também é grande, causando um ataque cardíaco e até a morte.

Literalmente, morrendo de rir

Existem algumas mortes históricas e modernas consequentes da hilaridade fatal. O filósofo grego Crisipo de Solis não se aguentou e caiu na risada após dar vinho e figo ao seu burro. Esse literalmente morreu de rir ao ver o bicho comendo e bebendo. A graça disso tudo, ficaremos sem saber.

Por algum motivo, Pietro Aretino morreu sufocado após rir sem parar. Isso aconteceu em 1556. Mais recentemente, em 1975, Alex Mitchell assistia a um episódio de The Goodies e morreu de insuficiência cardíaca após 25 minutos rindo incontrolavelmente. A viúva mandou uma carta para a produção da série agradecendo pelo “final feliz” do marido.

Sorrir ou não sorrir, eis a questão

Porém, existem muitos estudos que comprovam que o ditado está certo: rir é o melhor remédio. Há relatos que uma boa crise de riso diminui o stress, a raiva, a ansiedade, melhora o humor, a autoestima e até mesmo afasta a depressão. Também diminui o sentimento de solidão e a concentração de açúcar no sangue (diabéticos, vamos rir!).

Além disso, o risco de infarto do miocárdio e tensão cardiovascular é muito menor, sem falar que ajudou consideravelmente no aumento da função pulmonar. Não é à toa que a visita de palhaços tem se mostrado eficaz no tratamento de crianças e adultos em hospitais e clínicas de tratamento no mundo inteiro.

Um teste foi feito com mulheres que queriam engravidar e se submeteram a um processo de inseminação artificial. Elas foram divididas em dois grupos: um deles recebeu a visita de palhaços com um espetáculo, o outro não. O processo deu certo em 36% das mulheres que receberam contra 20% das que não viram o espetáculo.

Fonte: O Globo

Os presos que fugiram da cela para salvar a vida de um carcereiro nos EUA

Oito homens, detidos no porão de um distrito policial, conseguiram quebrar a fechadura e sair de sua cela para salvar a vida do carcereiro, que teve um ataque cardíaco enquanto os vigiava.

O caso aconteceu em Weatherford, no condado de Parker, Texas, no dia 23 de junho de 2016, mas só tempos depois a emissora WFAA-TV exibiu o vídeo, feito por uma câmera de segurança, que mostra quando os presos quebram a fechadura, saem e tentam socorrer o homem. Assista:


Algemados, alguns se curvam sobre o funcionário, que não teve sua identidade divulgada, e outros começam a gritar. Eles também bateram nas portas e paredes e o barulho atraiu a atenção dos policiais que estavam no andar acima.


Em entrevista à emissora, um dos presos, Nick Kelton, disse que os homens ficaram com medo de que os policiais pensassem que se tratava de uma briga ou tentativa de fuga e descessem prontos para atirar neles.

Ainda assim, não hesitaram. “Nunca passou pela minha cabeça não ajudar, independente de ele ter uma arma ou um distintivo. Se ele caiu, eu tinha que ajudar”, disse Kelton, que foi detido por porte de drogas.

Ironicamente, outro entrevistado pela WFAA, Floyd Smith, estava detido por atacar um funcionário público. Os dois, no entanto, disseram que o carcereiro é “um bom homem”. Ele deve retornar ao trabalho dentro de uma semana.

Enquanto um policial acionou paramédicos, os outros conduziram os homens de volta à cela, que teve suas travas reforçadas. Os médicos que atenderam o carcereiro disseram que, sem a ajuda dos presos, ele poderia ter demorado demais para receber socorro e morrido.

Fonte: G1
 

Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários