09/09/2016

Um Zoo no Japão tentou cruzar hienas sem sucesso por 4 anos até descobrir um detalhe: eram dois machos

Um zoológico no Japão descobriu, depois de quatro anos de tentativas infrutíferas, que duas hienas enjauladas para cruzarem e darem filhotinhos não eram um casal... mas sim dois machos (pequeno detalhe).

Funcionários do zoo Maruyama, na cidade de Sapporo, estranharam a falta de sucesso na reprodução das hienas Kami e Kamutori. Elas foram trazidas da Coreia do Sul em 2010 como "um casal".

Em um comunicado, o zoo afirmou que "os animais nunca demonstraram comportamento reprodutivo" e "estavam sempre brigando".


Ao blog "Japan Real Time", do "Wall Street Journal", um dos cuidadores disse que as hienas "sempre se atacavam e deixavam feridas de mordida uma na outra".

Passados quatro anos, a equipe de veterinários do zoo decidiu verificar qual era o sexo das hienas. Isso porque Kami, supostamente a fêmea, não demonstrou sinais reprodutivos comuns após atingir a idade reprodutiva.

Determinar o sexo de uma hiena apenas observando sua genitália não é tarefa fácil, afirmou o zoológico. A conclusão de que Kami era um macho ocorreu depois de exames hormonais e de ultrassom feitos pela Universidade de Hokkaido.

Kami e Kamutori, depois de anos de brigas e mordidas, agora vivem felizes (e em paz) depois de serem postos em jaulas separadas.

Fonte: http://goo.gl/AvG7rp
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários