04/04/2017

Pessoas que andam muito rápido tendem a viver por mais tempo do que as outras

Run, Forrest, run! Pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos EUA, descobriram que a velocidade em que você anda pode ser um bom indicador de quantas velinhas de aniversário você vai assoprar na vida. 

Segundo eles, quem anda rápido tende a viver mais tempo. E dizem isso com base na análise de nove pesquisas anteriores, que examinaram a velocidade, o sexo, a idade, o peso e o histórico médico de quase 35 mil pessoas. 


Entre elas, as que andavam 1 metro por segundo viviam “consistentemente” mais do que outras da mesma idade, mas que se moviam mais lentamente (a média das pessoas com expectativa de vida normal era 0,8 metros por segundo). 

E os números foram especialmente precisos entre os voluntários com mais de 75 anos. Não que você vá ganhar uns anos a mais de vida se começar, de repente, a correr por aí. Na verdade, a predileção por andar rápido ou devagar é natural. “Sair e andar mais rápido não significa, necessariamente, que você vai viver mais”, diz a líder do estudo, Stephanie Studenski. 

A expectativa de vida aumenta porque quem se move com mais agilidade – em especial as pessoas de idade mais avançada – demonstra vitalidade e saúde em dia. “Seu corpo escolhe a velocidade ideal para você, e essa é a sua velocidade, o seu indicador de saúde”.

Fonte: Superinteressante
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários