17/08/2017

Como ganhar notoriedade e receber um prêmio. Conheça Gustavo Oliveira, autor do projeto Amanheça!

Ele tem apenas 18 anos de idade e já tem um grande sonho... Mas, pera, talvez você deva se perguntar: "E quem é que não tem um sonho hoje em dia?". 

E realmente, todo mundo tem um sonho. A diferença, é que o entrevistado da coluna Retrato Falo de hoje Gustavo Oliveira, tem metas para alcançá-lo e ele já começou muito bem a trilhar seu caminho em direção a essa conquista. Seu livro surpreendeu a todos e foi classificado com o selo “Talentos da Literatura Brasileira”.

Gustavo ainda precisa quebrar mais obstáculos e vencer um grande desafio que é conseguir R$ 14,5 mil para publicar seu livro em uma editora.

Já que as circunstâncias não tem colaborado para ele, devido a atual situação econômica do país, ele recorreu ao crowdfunding que basicamente é uma vaquinha onde cada um pode doar a quantia que puder e quiser para ajudá-lo a conseguir alcançar esse sonho. Você pode doar qualquer valor, porém, quem doar a quantia acima de R$ 50 já garante uma cópia do livro autografado como uma forma de agradecimento pela ajuda. Para contribuir com o projeto do Gusta, basta clicar aqui.


Como surgiu a ideia do projeto, que projeto é esse, quem é o autor por trás dessa obra e o que ele precisa pra fazer seu sonho se tornar realidade, você vê logo na entrevista abaixo:

Por que você teve interesse em começar esse projeto?

Meu gosto pela arte nunca foi segredo para todos os que me conhecem, em especial, a leitura sempre teve um espaço especial no meu coração, acredito que, por ela contar com a imaginação do leitor, permite a ele se conectar de verdade com aquilo que está lendo, eu queria contribuir, fazer a minha parte, mostrar para as pessoas aquilo que aprendi até aqui.

Desde quando você teve esse sonho?

Desde o início de 2015 que desenvolvi o interesse de escrever um livro e um dia chegar a publicá-lo.

Seus pais te apoiaram desde o começo?

Inicialmente, tinha-se a impressão de que era algo passageiro, que eu não pretendia realmente terminá-lo, porém, o apoio foi muito grande após perceberem que eu falava e levava a situação a sério.

A história que o seu projeto conta vai abranger que tipo de público?

Adolescentes e adultos, crianças poderiam até gostar da história, mas provavelmente não entenderiam o significado que ela tem.

Era esse o público que você inicialmente tinha pensado?

Com certeza, eu deixava a adolescência e começava a conhecer a vida adulta quando o escrevi, era meu alvo o tempo todo.

Esse projeto é o primeiro de muitos que virão a ser escritos ou o primeiro de muitos que você já tem pronto?

O projeto de muitos que virão a ser escritos, escrevo conforme a inspiração.

Como você acha que esse projeto pode contribuir para a situação atual do nosso Brasil quando observamos a perspectiva de uma galera que não tem muito costume de consumir esse tipo de material? (No caso, livros)

Escrevi o livro com essa sendo uma das intenções, trabalhei muito em maneiras de tornar o material interessante e despertar a curiosidade desse "galera", sem porém, permitir que isso fizesse alterações radicais naquilo que viria a ser a obra, lapidei, mas não a modifiquei.

Por que você merece um apoio nessa empreitada do crowdfunding para o seu projeto?

Creio eu que algo do que eu disse até agora tenha sua relevância, mas além disso, o fato de ser filho de uma cidade humilde e discípulo de escolar públicas tornam as chances de eu ter chegado até aqui, um tanto quanto desafiadoras para qualquer um, em especial, para aqueles que desejam receber o selo Talentos da Literatura Brasileira pela Novo Século, é uma oportunidade de mostrar as pessoas, que o esforço compensa, vale a pena continuar tentando.

Quais são as suas expectativas para o lançamento desse projeto?

Que aqueles que leiam entendam o significado, mas porém especulem a respeito do mesmo, minha intenção é minimamente lucrativa, quero ver pessoas refletindo sobre a mensagem do livro, conversando com alguém sobre ela, quero estimular o pensamento, o raciocínio psicológico crítico.

Vai ter tarde de autógrafos?

Sim! E estou muito ansioso para receber todos com muito carinho.

Geralmente as campanhas de crowdfunding virtual geram uma recompensa com base na quantia doada para o autor do projeto. Quais tipos de recompensa a galera que te ajudar vai ter?

A recompensa por enquanto trata-se de uma cópia do livro autografada que será enviada por mim ao endereço do doador.

Você disse que a sua intenção é minimamente lucrativa, mas se vier um bom retorno e projeção mundial você não vai recusar né?

De forma alguma, até porque, uma pequena melhora no meu poder aquisitivo pode me ajudar no lançamento dos próximos livros, quem sabe eu não precise mais recorrer a financiamentos coletivos...

E o que aconteceria se um produtor observasse o potencial sucesso desse projeto e se demonstrasse interesse em fazer um filme sobre ele? Você sabe que livros que fazem sucesso viram filmes né?

Com certeza, tenho a vontade de ver aquilo que imaginei, assim como os leitores do livro também podem ter, seria algo incrível se isso acontecesse. 

Essa tarde de autógrafos já tem data?

Ainda não, ela será marcada assim que os livros entrarem em produção, dependendo portanto, do desempenho do financiamento.

Sobre o que fala o "Amanheça!" ?

É uma obra que, através de uma história envolvendo misteriosos assassinatos, coloca protagonistas em uma situação de extremo perigo, em que qualquer decisão a se tomar é ruim, porém, eles precisam decidir, em muitos momentos o leitor se pegará julgando os protagonistas como "ignorantes", por conta de suas decisões, porém, a racionalidade é comprometida na situação que enfrentarão, e talvez o leitor, ao refletir, perceba que talvez seja hipocrisia da parte dele pensar dessa forma. De qualquer maneira, não seria surpresa se concordassem com as ideologias dos vilões.

Quais são os personagens mais interessantes dessa história?

Sem dúvidas Amy e Rose se destacam muito por suas ideologias de alicerces assustadoramente convincentes, porém, nada parecidos em atitudes, entender ou enfrentar, se proteger ou atacar?

Com qual personagem você mais se identifica?

Em meu passado, Tommy me definiria, mas atualmente, Jimmy é aquele com quem eu mais me pareceria na mesma situação.

Por que você se identifica com esse personagem?

Sua personalidade lembra muito a minha e suas reações são muitas vezes aquilo que pensei que eu faria.

Você é fã de quais autores? Se inspira em algum deles?

Roberto Lopes e André Vianco, me inspiram de diferentes formas, o primeiro, pela clareza com a qual ensina em suas obras, e o segundo, pela fluidez com que é possível ler uma obra do mesmo, com uma linguagem que faz com seus olhos "deslizem pela folha".

Tem alguma história em especial que você tem expectativas de ver ou imagina esse autor produzindo com base no histórico de obras que ele já fez?

Na verdade não, a maior beleza de um artista é ser imprevisível ao meu ver, sendo assim, esperar algo específico deles é algo contraditório de outros artistas.

Por que o brasileiro precisa ler mais livros?

Creio eu ser uma forma muito rica de entretenimento, embora muitas vezes subestimada, a leitura tem o poder de mudar mentes, corações e sociedades.

Qual tipo de livro você gosta e qual tipo você não gosta de ler?

Tenho uma paixão especial por livros focados na realidade humana, porém, evitaria livros com temáticas exclusivamente adulta, com aqueles temas que crianças não deveriam ver, não vejo como eles possam me acrescentar algo agora.

Existe algum livro que até hoje você não leu mas que quer muito ler?

Com certeza, "O Turno da Noite — Revelações" parece um dos melhores feitos de André Vianco.

Que tal deixar uma mensagem para quem ficou interessado no seu projeto?


Se o livro o fizer pensar, não se esqueça de compartilhar esse pensamento com alguém, afinal de contas, é isso que minha obra é, joguei linhas de pensamento no ar, decida com qual de identifica e aprenda mais sobre aquelas que rejeitou, afinal de contas, isso não é algo que nunca vai mudar.
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários