06/12/2017

Streamer finge estar jogando para poder transmitir UFC 218 no Twitch

Durante este fim de semana ocorreu o UFC 218, em que Max Holloway deu um couro no brasileiro José Aldo, se mantendo como campeão dos pesos pena. Para que todos pudessem assistir ao evento, que só é transmitido através de pacotes pay-per-view, como o oferecido pelo canal Combate, o streamer de jogos AJ Lester teve uma ideia no mínimo incomum. 

O gamer fez o stream da luta decisiva através do seu canal na plataforma de streaming de jogos Twitch. Mas como ele burlou as políticas de copyright e não foi advertido pelo serviço? Fingindo que a luta era, na verdade, um game. Ao se posicionar na frente da imagem do ringue munido de um joystick e headphones, AJ Lester transmitiu todo o evento da UFC fingindo ser um jogo, como se ele controlasse os lutadores. 


A empáfia colou: o canal de AJ Lester no Twitch, que estava empacado há cinco anos nos dois mil seguidores, recebeu um boost de inscrições. A ação de Lester viralizou e mais de 63 mil retweets e 140 mil likes foram dispensados ao garoto. O tweet do usuário KanyeTwittee foi inclusive apagado pelo twitter por infringir direitos autorais. Mas você pode conferir abaixo:


Para a mídia, o garoto informou que, até o presente momento, a equipe do Twitch não entrou em contato com ele para tratar de possíveis sanções. Após a transmissão ao vivo, Lester apagou o conteúdo do seu canal.

Fonte: Canaltech
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários