Se conecte com a gente

Aconteceu

Mamãe gata anda pelo fogo 5 vezes para salvar seus filhotes de um incêndio em Nova York

Uma gatinha que virou notícia no mundo inteiro, exemplo de amor, carinho e dedicação

Publicado

no

Em 30 de março de 1996, Scarlett e seus cinco gatinhos estavam em uma garagem abandonada supostamente usada como uma casa de crack no Brooklyn em Nova York, quando um incêndio começou por causas indeterminadas.

O Departamento de Bombeiros da cidade respondeu a uma chamada sobre o incêndio e rapidamente o extinguiu.

Quando o fogo estava sob controle, um dos bombeiros na cena, David Giannelli, notou Scarlett que carregava seus gatinhos longe da garagem um por um. A própria Scarlett tinha sido gravemente queimada no processo de salvar seus gatinhos do fogo. Seus olhos estavam cheios de bolhas, suas orelhas e patas queimadas, e seu casaco altamente chamuscado. A maioria de seus pêlos faciais haviam sido queimados, mas uma coisa ela garantiu: que todos os seus filhotinhos estivessem são e salvos.

Veja a reportagem da CNN (em inglês) sobre o caso no ano de 1996:

Depois de salvar os gatinhos ela foi vista tocando cada um deles com seu nariz para garantir que eles estavam todos lá e vivos, já que as bolhas em seus olhos a impedia de ser capaz de vê-los. Logo então, ela desmoronou inconsciente.

O bombeiro David Gianelli levou a família completa a uma clínica veterinária em Port Washington, Nova Iorque, chamada North Shore Animal League, onde foram tratados. O mais frágil gatinho da ninhada, de pêlo branquinho, morreu cerca de um mês após o incêndio por conta de um vírus. No entanto, após 3 meses de tratamento e recuperação na clínica, onde foram muito acarinhados e mimados, a gata e os seus bebés estavam em condições para serem adotados. A seguir as imagens de como a gatinha ficou depois de receber os devidos cuidados.

A história desta gata heróica, em que os esforços para salvar a ninhada quase lhe custaram a vida, atraiu a atenção da comunicação social de todo o mundo e a clínica recebeu mais de 7000 cartas com propostas de adoção para Scarlett e os seus gatinhos. No entanto, optaram por dividir os gatinhos em dois grupos que foram entregues a residentes de Long Island.

Obvimente que Scarlett já não está mais entre nós. Contudo, sua história ficará eternizada como um exemplo de amor e heroísmo!

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta