Se conecte com a gente

Aconteceu

Homem tenta se matar no Canadá por causa de doença psiquiátrica e acaba se curando com o tiro

A pistola de calibre 22 destruiu a parte do cérebro responsável por sua deficiência obsessiva compulsiva sem causar qualquer outro dano cerebral

Publicado

no

Um jovem mentalmente doente que atirou na própria cabeça em tentativa de suicídio sofreu um ferimento cerebral que aparentemente eliminou sua fobia (medo) de germes e sua obsessão por lavar constantemente as mãos, dizem os médicos.

A pistola de calibre 22 destruiu a parte do cérebro responsável por sua deficiência obsessiva compulsiva sem causar qualquer outro dano cerebral, disse seu médico em um artigo para o Physician’s Weekly, um jornal inglês de psiquiatria. Vitimas do transtorno obsessivo compulsivo normalmente tem a inexplicável necessidade de repetir as atividades comuns do dia a dia várias e várias vezes.

O rapaz, que tinha a doença e agora é um estudante exemplar, tentou se matar cinco anos atrás quando tinha 19 anos, segundo a doutora Leslie Solyom, uma psiquiatra do Dhaughnessy Hospital em Vancouver, British Columbia.

Identificado apenas como George, o rapaz lavava as mãos centenas de vezes durante o dia e tomava banhos constantemente. O comportamento o forçou a abandonar a escola e o trabalho.

Doutora Solyom o trata desde um ano antes da tentativa de suicídio.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta