18/05/2018

Tim Lancaster, o piloto da British Airways que em 1990 teve a vida por um fio

Este vôo estava indo de Londres para a Espanha e, pouco antes dos comissários saírem com seus carrinhos para entregar o lanchinho para os passageiros, o para-brisas do avião explodiu. Se você está se perguntando o que houve com o piloto, aí vai uma reconstituição:

O piloto Tim Lancaster quase foi sugado para fora do avião. Ele só não saiu voando porque foi segurado, pelo cinto, por um comissário. O co-piloto Alastair Atchison assumiu o comando. A repentina descompressão também arrancou a porta da cabine dos pilotos e bloqueou o regulador de pressão. 


Atchinson ainda tentou pedir ajuda pelo rádio, mas não conseguia ouvir a resposta por causa do caos a sua volta. Foram longos minutos de desespero antes que conseguissem a permissão emergencial de pouso. E, nesse período, o piloto continuou do lado de fora, sendo esmagado contra a estrutura do avião, sofrendo com baixíssimas temperaturas e perdendo a consciência por causa do ar rarefeito. Eles pousaram 35 minutos depois da explosão.

Contudo, Lancaster não só sobreviveu como teve apenas algumas fraturas nos ossos e queimaduras de frio. Outro ferido foi o comissário que o segurou, que também sofreu queimaduras.

Fonte: Hypescience
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários