11/07/2018

Como é que o catolicismo explica a vida fora do planeta Terra?

Ele não explica. E por uma razão uma simples: isso cabe a ciência e não à teologia. A Igreja explica tudo o que está compreendido no campo teológico e não científico, embora naturalmente possa muito bem andar de mãos dadas com ele. Por essa razão, ela não nega e nem afirma a existência de ETs fora da Terra.

De acordo com um artigo publicado pelos catequistas Viviane e Alexandre Varela, editores do projeto O Catequista, não há inclusive, pecado algum em acreditar na existência de ETs. Se você é católico e acredita em extraterrestres, então vai fundo.


Inclusive, o padre jesuíta José Gabriel Funes, astrônomo e diretor do Observatório Vaticano, é um dos que cogitam esta hipótese, mas faz questão de deixar muito bem claro que se trata apenas de uma opinião pessoal, e não de um posicionamento oficial da Igreja. Até porque entre os membros do clero, existem obviamente alguns que pensam diferente do Pe. Funes. Segundo eles, a crença na possibilidade de vida inteligente em outros planetas é, sim, inconciliável com a doutrina católica, já que nem a Revelação, nem a Tradição da Igreja e nem tampouco as evidências científicas oferecem qualquer base para apoiar essa ideia. Segundo eles, se existissem ETs, certamente Deus teria revelado.

Mas você ainda não deve estar encontrando a resposta para outro questionamento que pode ter surgido na sua cabeça agora: de que a vida extraterrestre confrontaria a fé cristã.

E bom, de acordo com o próprio padre jesuíta, não! Isso porque segundo ele: "Assim como existe uma série de criaturas na Terra, poderia haver outros seres, também inteligentes, criados por Deus. Isso não contrasta com nossa fé porque não podemos colocar limites na liberdade criadora de Deus."


De acordo com o mesmo artigo do Catequista, apesar das divergências entre os pontos de vista, todos concordam que ninguém comete heresia ao cogitar a existência de ETs. Isso porque se fosse assim, o Vaticano nunca teria financiado e muito menos daria apoio para as pesquisas de astrobiologia, que têm o objetivo de procurar por vida fora da Terra (inteligente ou não). 

Vale lembrar também que foi o papa Bento XVI que indicou o Pe. Funes para a direção do Observatório Vaticano.

Confira uma breve entrevista feita com o padre:


Muita gente, diante deste tema, levanta algumas outras questões como: “E se um dia a existência de vida extraterrestre inteligente for comprovada... Como fica o cristianismo? Os ETs também seriam católicos? Jesus também teria morrido por eles?".

Os catequistas dizem que a única resposta honesta que se pode dar a estas perguntas é: sei lá!

A teologia reflete sobre a realidade, e não sobre vagas suposições. E se Abraão tivesse se negado a sacrificar Isaac? Sei lá! E se o Pelé tivesse nascido na Argentina? Sei lá! E se aparecer sobre a face da Terra uma geração de seres humanos mutantes? Sei lá!

Mas, como todo filho de Deus tem direito de dar uma filosofada sem compromisso de vez em quando, o Pe. Funes se arrisca a dar um pitaco: ele acha que esses seres poderiam não ter necessidade de redenção, caso tivessem permanecido na amizade plena com o Criador. Mas se tivessem pecado, o jesuíta pensa que “também eles, de algum modo, teriam a possibilidade de desfrutar da misericórdia de Deus, como sucedeu a nós, os homens”.

Bem, crendo na possibilidade de existirem ETs ou não, é preciso que tenhamos a clara noção de que, de concreto, por enquanto, a Ciência não tem nada a apresentar. Nem mesmo uma ameba sequer!
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2018 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários