12/10/2018

Mesbla, a megaloja de departamentos que vendia desde brinquedos, CDs e roupas até carros e armas de fogo

Imagine você entrar em uma loja pra comprar um microondas e sair de lá com um carro e uma pistola. Essa era uma realidade nos anos 80 e 90 no Brasil em uma loja chamada Mesbla.

Você que nasceu por volta dos anos 95 até depois da virada do milênio com certeza não se lembra e talvez nem saiba dessa marca, mas pode fazer um teste e perguntar aí agora para os seus pais se isso não era verdade.


Na Mesbla você podia entrar e comprar um carrinho de controle remoto de presente pro seu filho até um Opala pra você!


Na Mesbla tinha até como comprar uma lancha aquática!


As lojas da Mesbla eram gigantes! Simplesmente enormes, claro, até porque pra ser também uma concessionária de veículos, uma lojinha minúscula não iria servir. Por isso, eram prédios construídos por eles mesmos. 

Só que a Mesbla não era originalmente brasileira, ela foi fundada em 1912 mais como uma filial de uma loja francesa que se chamava Mestre & Blatgé no prédio de número 83 da rua da Assembleia, no centro da cidade do Rio de Janeiro.

Naquela época, os empresários não davam muita importância até porque no Brasil ela não era tão famosa assim como na França, onde era sua matriz.

Foi então que um dia Louis La Saigne decidiu revolucionar tudo e expandir a marca. Isso porque Louis era um empregado de uma filial da Mestre & Blatgé na Argentina e recebeu um cargo alto na empresa, começando então a administrar os negócios por aqui em 1924. Para mudar tudo e fazer uma nova marca, em uma reunião com alguns executivos, foi decidido mudar o nome da loja de MEStre & BLAtgé, virou apenas MESBLA.

A preocupação era que no início da Segunda Guerra Mundial a França se manifestou solidária a Adolf Hitler. Os executivos pensavam que isso poderia ocasionar represálias no Brasil, já que nosso país lutou contra o exército nazista e muitos brasileiros poderiam se manifestar completamente contra a loja pela referência francesa ao nome Mestre & Blatgé.


Ascenção e queda

Nos anos 80, a Mesbla vendia a todo o vapor. Como você viu acima, vendia de tudo. Por lá você encontrava desde brinquedos, eletrodomésticos, eletrônicos, cama, mesa e banho até carros, lanchas e armas de fogo (tirando toda a burocracia, é claro). A Mesbla era enorme.


Os principais problemas que levaram a falência da empresa foi que a Mesbla tinha cerca de 40 diretores, o que acabava fazendo com que as mais importantes decisões da empresa fossem tomadas de forma um pouco lenta, prejudicando o andamento. Além disso, no final do governo Sarney, em 1989, a diretoria da loja, acreditando que o país caminhava para uma hiperinflação, começou a estocar mercadorias em excesso e passou a contar basicamente com recursos gerados por sua financeira.

A criação do Plano Real, com o fim da inflação alta, mostrou as fragilidades da empresa, e a loja então passou a enfrentar constantes prejuízos, que tentou resolver com fechamento de filiais e dispensa de empregados. Para agravar, tinha que enfrentar a concorrência de lojas de departamento e hipermercados estrangeiros, com facilidade de obter capitais no exterior a juros mais baixos.

As empresas estrangeiras conquistaram a clientela de melhor poder aquisitivo, sempre atenta a novidades, com uma maior variedade de mercadorias e facilidades de crediário, em especial com a criação de cartões de crédito próprios.

Quando a Mesbla tentou se igualar aos concorrentes, criando marcas exclusivas de roupa e seu próprio cartão de crédito, já era tarde. No ano de 1994 já havia fechado várias lojas e reduzido seu quadro para 4,5 mil funcionários, sem conseguir estancar os prejuízos.
Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2018 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários