Se conecte com a gente

Aconteceu

Ambev, Gerdau e Hospital Albert Einstein se unem para construir hospital de tratamento para coronavírus

Depois do combate à pandemia, hospital será entregue a Prefeitura de São Paulo.

Publicado

no

A corrida contra o tempo já começou. Até o momento são mais de 2,2 mil casos confirmados e 47 mortos pelo novo coronavirus no Brasil. No meio desse cenário, a Ambev, a Gerdau e o Hospital Israelita Albert Einstein anunciaram recentemente que vão unir esforços para a construção de um novo centro de tratamento para a Covid-19 (a doença causada pelo vírus que surgiu na China).

Será um hospital com 100 leitos comuns que vão atender o público exclusivamente pelo SUS. Ele vai ser construído de forma anexa ao Hospital Municipal M’Boi Mirim — Dr. Moysés Deutsch, na zona sul de São Paulo, onde o Einstein já é responsável pela gestão.

As obras já começaram e a nova área terá seus primeiros 40 leitos entregues em 20 dias. O total de 100 leitos deve ser finalizado até o dia 30 de abril. Como não é um hospital de campanha, ele não será desmontado e, depois do combate à pandemia, vai ser entregue à Prefeitura de São Paulo, passando a integrar a rede pública de saúde do município.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta