Se conecte com a gente

Aconteceu

Em homenagem a Fatos Desconhecidos, Curiozone altera foto de perfil no dia da mentira

Equipe de social media decidiu fazer uma brincadeira no 1° de abril

Publicado

no

O dia 1° de abril todo mundo sabe, é o dia da mentira. Para brincar com a data, a Curiozone decidiu mudar sua foto de perfil em todas as redes sociais, para a foto de uma das páginas que mais tem a fama de mentir na internet: Fatos Desconhecidos.

Com mais de 15 milhões de seguidores, a página se consolidou em meio a muitas polêmicas e virou alvo de muitos comentários.

Conteúdos enganosos não são raros na Fatos. Em 2019, a página foi punida pelo Facebook por postar conteúdo gore de forma enganosa para atrair mais público para seu vídeo. Dias depois da matéria exclusiva da Curiozone a Fatos reconheceu o erro e apagou a publicação.

Um editorial daqui do site, também já identificou inúmeros erros na concorrente, após ataques difamatórios.

Qual a origem dessa brincadeira?

Existem muitas explicações sobre a origem do Dia da Mentira, a história mais conhecida, e que não parece nenhuma mentira, remonta ao século XVI. Na época, a chegada do Ano Novo era comemorada durante uma semana, do dia 25 de março ao dia 1º de abril.

Porém, em 1564, o rei da França Carlos IX instituiu um novo calendário, que ficou conhecido como calendário gregoriano. A partir desse momento o Ano Novo passou a ser celebrado no dia 1º de janeiro. Mas, muitas pessoas demoraram para se acostumar com a mudança e continuaram a comemorar a data no começo de abril.

Quem sabia que o calendário havia mudado passou a tirar com a cara dos que resistiam à troca da data, com todo tipo de brincadeira. Chamados de “bobos de abril”, costumavam receber convites falsos para festas de Ano Novo e presentes inusitados no dia 1ª de abril.

A mania de fazer pegadinhas neste dia percorreu o mundo todo e dura até hoje. No Brasil, um dos casos mais famosos aconteceu em 1848. Um jornal chamado sugestivamente de A Mentira noticiou o falecimento do então imperador do Brasil Dom Pedro II. O periódico teve que desmentir o fato dois dias depois da publicação, alegando que era apenas uma brincadeira do dia 1º de abril. Na verdade, Dom Pedro II só morreu em 1891, na França.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta