Se conecte com a gente

Ciência

Uso de maconha aumenta a dor após cirurgias, diz estudo

Além de aumentar a dor, uso de maconha pode exigir ainda mais anestesia.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

Um estudo recente apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Anestesistas, contraria a opinião de muitos que acreditam que ingerir ou fumar derivados de maconha é capaz de ajudar no controle de todos os tipos de dor.

Nesta segunda, a CNN repercutiu o estudo mostrando que o uso da maconha antes de ir a um hospital para realizar um procedimento cirúrgico, piora bastante a dor durante a recuperação.

O autor principal do estudo, doutor Ian Holmen, dá um exemplo em sua explicação: “Há algumas evidências de que a cannabis pode ser benéfica para dores crônicas e neuropáticas. No entanto, pesquisas iniciais sugerem que este não é o caso da dor aguda, como nas que ocorrem durante a cirurgia de uma perna fraturada”, disse o doutor, que é residente em anestesiologia do Hospital da Universidade do Colorado em Aurora, em um comunicado.

Planta de cannabis, maconha.

No estudo, pacientes que usaram e os que não usaram foram comparados em uma cirurgia para uma perna quebrada a qual foram submetidos. Não foram conhecidos o método, o tipo de maconha e nem com que frequência o paciente usava.

Os que relataram usar, receberam 58% a mais de opioides por dia enquanto estavam no hospital, relataram níveis maiores de dor em uma escala de 1 a 10 e necessitaram de 12,4 mililitros adicionais de anestesia durante a cirurgia do que aqueles que não usaram maconha.

Fumando maconha.

Durante a cirurgia, um anestesista aumentará a dosagem se observar “movimentos involuntários do corpo, aumento da frequência cardíaca, hipertensão ou aumento da frequência respiratória”, concluiu o estudo, enumerando os sinais clínicos que apontam níveis maiores de dor.

As descobertas se somam às pesquisas existentes que descobriram que pacientes que usam maconha têm mais dor relacionada à cirurgia, o que também é o caso de usuários de opioides.

“Agora entendemos que os pacientes que usam opioides cronicamente antes da cirurgia geralmente têm respostas exageradas à dor e precisam de mais analgésicos após a cirurgia porque têm uma tolerância maior”, afirmou o pesquisador.

“Especulamos que o uso de cannabis pode causar um efeito semelhante, mas precisamos de mais pesquisas para determinar se este é o caso”.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta