Se conecte com a gente

Aconteceu

Governo chinês investe em programa educacional para tornar meninos mais viris

Governo chinês acredita que seus jovens estão ficando muito “femininos”.

Publicado

no

Por acreditar que seus jovens estão se tornando “femininos” demais, uma mensagem recente do Ministério da Educação na China, sugeriu um programa educacional para tornar seus meninos mais viris. De acordo com a reportagem da BBC, muita gente considerou sexista a declaração que foi publicada no site do ministério, e há quem diga que as celebridades chinesas do sexo masculino, tem, em parte culpa nisso.

Se trata da “Proposta de Prevenção da Feminização de Homens e Adolescentes”, que faz um apelo para que as escolas façam uma reforma total nas aulas de educação física invistindo na contratação de professores homens, fazendo o recrutamento de ex-atletas e pessoas com experiência esportiva, sem contar no “desenvolvimento vigoroso” de determinados esportes, como futebol, com o objetivo de “cultivar a masculinidade dos alunos”.

Celebridades chinesas masculinas teriam, em parte, culpa nisso.

Isso tudo muito provavelmente aconteceu, devido ao fato de que no ano passado, mais específicamente em maio, um delegado do principal órgão consultivo do governo deu uma declaração dizendo que muitos dos jovens da China tinham se tornado “fracos, tímidos e autodestrutivos”.

Si Zefu afirmou que havia uma tendência à “feminização” entre os jovens chineses do sexo masculino, que “inevitavelmente colocaria em risco a sobrevivência e o desenvolvimento da nação chinesa”, a menos que fosse “administrada com eficácia”.

O conselheiro político Si Zefu.

A criação da crianças chinesas por mãe ou avó, seria, segundo ele, o ambiente doméstico em parte culpado. E não somente isso, o crescente apelo de certas celebridades masculinas significava, na visão dele, que muitos meninos “não queriam mais ser ‘heróis do Exército’.

Foi então que Si Zefu sugeriu que as escolas deveriam desempenhar um papel mais central para garantir que os jovens chineses recebessem uma educação equilibrada.

Esportes mais masculinos

Mesmo que figuras chinesas como o jogador de basquete Yao Ming tenham ganhado fama no mundo inteiro, dá pra perceber que o futebol está incluído especificamente na proposta.

Só que isso não é tanto uma surpresa. Isso porque o presidente Xi Jinping já falou em uma outra ocasião sobre sua esperança de que o país se torne uma “superpotência mundial do futebol” em 2050. Só que as repetidas tentativas de melhorar o nível dos jogadores de futebol da China fracassaram e até foram ridicularizadas.

O jogador de basquete chinês Yao Ming.

Por outro lado, Si Zefu no ano passado, fez o apelo para os jovens chineses se tornarem bravos soldados, policiais ou bombeiros pois é algo que para ele está diminuindo. Sem contar o fato de que nos últimos anos, os veículos de comunicação enfrentam problemas para permitir que jovens estrelas do sexo masculino apareçam com tatuagens ou brincos na televisão.

Se essa iniciativa é boa ou não, quem diz é você.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta