Se conecte com a gente

Tecnologia

Meme de garota em frente a um incêndio é vendido por R$ 2,6 milhões

Foto transformada em NFT, foi tirada em 2005 pelo pai da menina.

Publicado

no

Zoe Roth é o nome da menina, que em 2005, posou para uma foto em frente a um incêndio no bairro de Mebane, na Carolina do Norte (EUA). Ela só não imaginava que a simples foto, iria lhe render não somente a fama em pouco tempo na internet, como também centenas de milhares de dólares 15 anos depois.

A imagem, que viralizou nas redes sociais na gringa, e depois no Brasil se tornando um clássicos dos memes, foi vendida em um leilão por 473 mil dólares, o equivalente a R$ 2,6 milhões. A foto foi transformada em NFT, um selo de autenticidade digital que garante a propriedade da imagem a um único dono e comprova que a peça é original e escassa.

O contexto da foto famosa

Embora muitos acreditem que a imagem foi feita por meio de montagem, na realidade o acontecido realmente é verdadeiro e o clique foi tirado em 2005, enquanto a garota passeava juntamente com seu pai, Dave Roth, em Mebane. Os dois se depararam com um incêndio iniciado pelos próprios bombeiros, a fim de que eles pudessem treinar. Sim, tudo era apenas um treinamento. O pai decidiu, então, tirar uma foto para testar sua nova câmera.

O sorriso de contornos sádicos da menina acabou fazendo ela ficar conhecida como a “disaster girl” (garota desastre, em português) na internet. Hoje, ela tem 21 anos, e é estudante da Universidade de Chapel Hill.

Imagem da garota em meio ao trabalho dos bombeiros controlando o incêndio conquistou a internet e se tornou um clássico dos memes.

“Ser capaz de vendê-lo apenas nos mostra que temos algum tipo de controle. Ninguém que é meme tentou fazer isso, acabou sendo assim. É sorte? É o destino? Eu não faço ideia. Mas eu vou aproveitar isso”, disse Zoe em entrevista ao The News & Observer.

Dave e Zoe decidiram vender o meme após serem contatados em fevereiro sobre um comprador em potencial. Impressionados com o valor oferecido, pai e filha procuraram um advogado e realizaram um leilão no último dia 16 de abril. A foto foi vendida em criptomoeda digital no valor de 180 Ether.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta