Se conecte com a gente

Tecnologia

Hacker tentou contaminar água de cidade na Flórida pela internet

Cibercriminoso aumentou a quantidade de soda cáustica da estação, mas a população não chegou a ser afetada pela ação.

Publicado

no

Se você acha que a tecnologia foi longe demais, saiba que você ainda não viu nada. Foi na cidade de Oldsmar, no estado americano da Flórida, no dia 5 de fevereiro, que alguém acabou invadindo os computadores do sistema de tratamento de água da cidade, e aumentou o nível de hidróxido de sódio para níveis perigosos, de 11 mil partes por milhão. O nível normal é de 100 partes por milhão.

Pra quem não sabe, esse composto químico se trata de uma soda cáustica, usada em uma das etapas de descontaminação da água. Em caso de consumo, a água poderia levar à morte.

De acordo com informações do portal R7, o ataque foi detectado imediatamente pela empresa de saneamento da cidade, que desfez a alteração.

Abastecimento de água.

As autoridades locais e federais estão a investigar a situação.

O abastecimento de água à cidade de Oldsmar, que pertence ao condado de Pinellas, no estado da Flórida, não foi afetado. “É importante ressalvar que a população nunca esteve em perigo”, acrescentou o xerife de Pinellas County, Bob Gualtieri.

Sistema de tratamento de água da Sabesp, companhia de águas de São Paulo.

Segundo o xerife, a cidade de Oldsmar fornece água diretamente a cerca de 15 mil moradores. O sistema de informática da estação de tratamento de água foi configurado de forma a que os usuários possam ter acesso remoto para solução de problemas.

Já pensou no perigo? E olha que essa não foi a primeira vez que o fato ocorreu. Segundo informações da Agência Brasil, em 2007, a água de uma cidade de Massachusetts foi acidentalmente tratada com muita soda cáustica, o que causou queimaduras e irritação na pele da população.

Em 2019, outro incidente similar aconteceu na cidade de Ellsworth, no Kansas. O autor do ataque foi Wyatt Travnichek, um ex-funcionário da empresa de água local. Ele foi preso e pode ser condenado a 25 anos de prisão.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta