Se conecte com a gente

Aconteceu

Lançamento de Anitta, “Girl From Rio” cai nas paradas e fãs da cantora cobram gravadora

Música caiu rapidamente de ranking global de streaming apesar do forte investimento da cantora em clipe e no uso de ‘Garota de Ipanema’.

Publicado

no

O fã clube da cantora Anitta está em fúria contra a gravadora Warner nos últimos dias. Os seguidores da cantora questionam a empresa multinacional por conta da queda bruca do mais recente lançamento, “Girl From Rio” nas paradas. Uma das cobranças fortes feita pelos chamados “Anitters” nas redes sociais, é por conta do esforço para incluir a música em playlists nos serviços de streaming.

Isso porque, pra quem não sabe, existe um fator cada vez mais importante nas plataformas digitais, e que os fãs de Anitta sacaram bem: o destino de uma música, hoje, depende muito mais de sua inclusão nas tais playlists. As maiores listas de músicas são ouvidas todo dia por milhões de pessoas no Spotify, Deezer, YouTube e outros.

Capa do single ‘Girl from Rio’, de Anitta.

E mais: as empresas de streaming e as grandes gravadoras do mundo (Sony, Warner e Universal) não deixam os critérios claros, mas a maioria das músicas que entram lá são apostas do elenco dessas três empresas. Os fãs notam o poder das gravadoras e cobram o uso em favor dos ídolos.

‘Girl From Rio’: expectativa x realidade

Embora “Girl From Rio” tenha sido capaz de ser revolucionária ao juntar bossa nova e trap com uma letra em inglês, a música parece ter sido direcionada ao chão. A faixa foi caindo para 170º, 198º, até sumir do top 200 global.

Na música, que Anitta aposta na melodia de “Garota de Ipanema” graças a uma rara (e provavelmente bem cara) autorização dos herdeiros de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, a cantora, sem revelar o valor, garante ter sido o clipe mais caro que ela já bancou.

A aposta de Anitta no hit foi tão alto, que ganhou até mesmo festas de lançamento em Sidney, na Austrália e em Miami, nos EUA, mês passado, no dia 30 de abril. O lançamento e a estreia foram bons. No Spotify, maior serviço de streaming musical do mundo, “Girl From Rio” ficou em 58º no ranking diário global, com 1,4 milhão de plays (1 milhão do Brasil e 400 mil de outros países).

Imagem da logo do Spotify na entrada da Bolsa de Valores de Nova York.

Só pra se ter uma ideia, qualquer outro artista brasileiro independente consideraria uma vitória passar quatro dias no ranking global. Contudo, para os fãs da Anitta, que já a viram entrar outras 26 vezes nesta parada, acabou sendo uma decepção a queda.

“Cara, foi prometido uma divulgação de nível mundial. Acho que tanto a Anitta quanto os fãs estavam esperando isso. A gravadora até o momento não fez o mínimo do que deveria”, diz uma fã que se identifica como Tainá, dona de um dos maiores perfis de fãs de Anitta, com 100 mil seguidores.

A enxurrada de reclamações nas redes tem demandas bem específicas. “Em relação a streaming era fundamental que a música estivesse nas playlists americanas, principalmente a Today’s Top Hits do Spotify que daria um ‘up’ na música”, explica a fã.

Playlists: modos de entrar

A playlist almejada pela fã para dar mais força em “Girl From Rio”, de Anitta, é simplesmente a maior do Spotify, com 27,7 milhões de seguidores. A Today’s Top Hits é tão importante que pra você ter uma ideia, ela tem a supervisão pessoal e direta do chefe de Hits Globais do Spotify, Ned Monahan, como ele contou à revista “Variety” em dezembro de 2020.

Ned disse, em entrevista, que o processo de escolha das faixas “é totalmente editorial (…), baseado em uma mistura de importância cultural e de expor pessoas a novas músicas”. Segundo Ned, uma forma de “isolar” os curadores da pressão de gravadores e artistas, é o sistema de indicações online.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta