Se conecte com a gente

Aconteceu

Negacionismo: ‘Fantástico’ é alvo de ódio ao dizer que menstruação é algo feminino

Influenciador com selo verificado, criticou a reportagem feita pelo programa o acusando de transfobia, por dizer que menstruação é um processo do corpo feminino.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

Na noite do último domingo (02), foi ao ar na TV Globo mais uma edição da revista eletrônica da emissora. Com relatos de mulheres, o “Fantástico” dá introdução a uma matéria sobre a menstruação. Em seguida, a jornalista Poliana Abritta anuncia que menstruação é um processo natural do corpo feminino.

O prblema, é que a fala de Poliana, que é endossada pelo empirismo científico gerou polêmica, e acabou fazendo com que a reportagem com viés feminista e com objetivo de conscientizar levantando um debate a respeito do assunto, fosse alvo de ataques de ódio nas redes sociais.

Absorventes e absorventes íntimos.

“2021 e o @showdavida falando que menstruação faz parte da BIOLOGIA FEMININA. a transfobia mais uma vez no jornalismo”, disse um usuário com selo de conta verificada no Twitter.

No Facebook, comentários, também acusando de transfobia pela mesma razão, se dividiam entre outros, na publicação da matéria na página oficial do programa.

“É inacreditável essa transfobia no jornalismo. Não são só mulheres que menstruam.”, disse um usuário. “Fantástico falando de menstruação e acessos e não falou de homens transexuais que menstruam também. Enfim, a transfobia.”, comentou outro.

A reportagem do programa consultou a antropóloga Mirian Goldenberg, pesquisadora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que disse que “Uma em cada quatro jovens já faltou a aula por não poder comprar o absorvente”.

Na matéria do programa, também é mostrado o levantamento nacional inédito coordenado pela antropóloga, que entrevistou mulheres de todo o Brasil entre 16 a 29 anos para pesquisar sobre a pobreza menstrual. De acordo com o programa, em primeiro lugar, isso significa a falta de itens básicos durante a menstruação, seja por falta de informação ou de dinheiro para comprar os absorventes.

Outras polêmicas a respeito

Não é a primeira vez que a afirmação feita por Poliana Abritta gera acusações de transfobia. Em junho de 2020, J.K. Rowling, a autora de Harry Potter, afirmou que apenas mulheres menstruam e foi chamada de transfóbica por alguns fãs da saga do menino bruxo.

J.K. Rowling, autora de Harry Potter.

Motivada pelos debates em torno do assunto, a autora seguiu com seus comentários. Porém, mesmo depois das polêmicas e acusações de transfobia (onde até mesmo Daniel Radcliffe, intérprete de Harry Potter nos filmes, se posicionou contra Rowling e suas declarações), seu livro, Troubled Blood, que conta a história de um homem suspeito de assassinato que se veste como mulher para cometer os crimes, liderou as vendas na Inglaterra, com 65.000 cópias vendidas em cinco dias.

O que é a menstruação?

Uma reportagem do Viva Bem, do portal UOL, relata o que de fato é a menstruação: um processo natural da mulher, que faz parte de seu ciclo reprodutivo, representando, na verdade, o fim dele.

Menstruação, um processo que representa o fim do ciclo reprodutivo na mulher.

A menstruação nada mais é que o processo ocorrido após o descarte do tecido que é um revestimento interno, chamado endométrio, para aninhar o embrião (óvulo fecundado), quando a fecundação não ocorre. O endométrio, que agora descartado por não ter acontecido a fecundação, era para ser uma “casinha” para a gravidez.

A menstruação pode trazer desconfortos como inchaço abdominal, retenção de líquidos, mudanças de humor, indisposição, náusea, mal-estar geral, dor de cabeça, nas costas e cólicas, o que, em alguns casos, chega a atrapalhar as atividades do dia a dia. Segundo especialistas, esses sintomas costumam durar cerca de 24 horas.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta