Se conecte com a gente

Aconteceu

Hacker diminuia o preço de mercadorias em site, comprava barato e revendia

As compras eram enviadas para lockers, que são armários disponíveis geralmente em estações de metrô, onde é possível resgatar produtos comprados na internet.

Publicado

no

Foi nesta semana, que policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática fizeram uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão contra um hacker que estava cometendo crimes de estelionato. A operação foi feita em três endereços no bairro de Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com informações do portal G1, Carlos Felipe Oliveira da Silva, de 30 anos, manipulava, no sistema, o preço de produtos de uma loja de departamentos, em seguida, o criminoso comprava os produtos por valores bem menores e em nome de terceiros. Os produtos obtidos de maneira ilícita era vendidos em redes sociais, obtendo assim, lucro indevido.

hacker diminuia o preço de mercadorias em site, comprava barato e revendia.

No modo compre e retire, as compras feitas pelo criminoso eram enviadas para lockers (armários disponíveis geralmente em estações de metrô), no qual é possível resgatar produtos comprados na internet, onde tudo foi registrado por câmeras de segurança.

Ao perceber a fraude no sistema, a loja fez a denúnci,a e então a polícia passou a investigar e acompanhar os passos do hacker. Segundo o delegado Paulo Sartore, a prática ilegal começou em novembro do ano passado e Carlos Henrique priorizava não somente eletroeletrônicos, principalmente aparelhos celulares, como também SmartTVs e produtos usados.

Foram apreendidos, na casa do hacker, um celular, um notebook e duas televisões. A estimativa é de que ele adquiriu mais de 30 produtos que ultrapassam o valor de R$ 95 mil. Carlos Henrique responderá pelo crime de estelionato, onde no código penal, estabelece pena de até cinco anos de detenção.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta