Se conecte com a gente

Aconteceu

Baixa audiência das transmissões do Brasileirão 2021 acende sinal de alerta na Globo

Em São Paulo, principal referência, os números são considerados ruins. Nem clássicos chamam a atenção do público.

Publicado

no

Temendo perder dinheiro com as vendas de pacotes comerciais para 2022, a Globo acendeu o sinal de alerta ao avaliar como ruins os números de audiência das transmissões do Campeonato Brasileiro 2021. De acordo com informações do site Notícias da TV, os números com a avaliação, são de São Paulo, tida como principal referência para o mercado publicitário.

Dados do Ibope na Grande São Paulo, mostraram que a média do Campeonato Brasileiro, depois de 15 jogos exibidos, é de 18,3 pontos. São três pontos a menos do que as partidas haviam alcançado na temporada 2020 (21,1 pontos) e cinco abaixo de 2019 e 2018 (23,0 pontos).

Com as 11 partidas exibidas nos finais de semana (sábado e domingo), a Globo tem média de 17,9 pontos. No meio de semana (quarta e quinta), a emissora melhora um pouco seus números, com 19,5 pontos, mas ainda assim abaixo de um índice considerado interessante internamente.

Narrador Galvão Bueno.

O que mais chama a atenção neste ano são os desempenhos ruins dos clássicos. No último domingo (8), Santos x Corinthians alcançou apenas 18 pontos. Palmeiras x Santos, mostrado em 10 de junho, conseguiu 14 pontos na tarde de sábado –praticamente a mesma marca que o Caldeirão do Huck costuma fechar.

Até agora, o recorde de audiência do futebol na capital paulista foi atingido com Flamengo x Palmeiras, jogo inaugural do Brasileirão em 2021, exibido em 30 de maio –a partida marcou 23 pontos. Nenhum dos quatro grandes clubes paulistas conseguiu ultrapassar a marca de 20 pontos de média.

São duas as explicações internas na Globo que ajudam a entender o momento difícil do Brasileirão. A primeira deles é o baixo nível técnico das pelejas. Alguns jogos são enfadonhos, um convite para o torcedor fazer outra coisa, como assistir a outros esportes ou ver um filme.

Um exemplo dessa tese foi o já citado Santos x Corinthians do último fim de semana, considerado um dos piores jogos do ano. Das 15 partidas que a Globo exibiu neste ano do Brasileirão, seis terminaram só com um gol na partida ou em 0 a 0.

Rede Globo perdeu maioria dos direitos de transmissão de eventos esportivos que rendiam grande audiência.

Outro ponto é a fase ruim dos programas que antecedem os jogos. No horário das 21h, a reprise de Império é uma das piores audiências no horário em todos os tempos. A trama do comendador José Alfredo (Alexandre Nero) tem média de 26,7 pontos e com frequência marca menos do que o Jornal Nacional.

Já nos domingos, o The Voice Kids tem média de 11,9 pontos –a pior do programa desde sua estreia, em 2016. Sem uma boa entrega, não tem clássico que faça milagre.

O maior temor da Globo é perder dinheiro com os anunciantes do futebol. O seu pacote comercial para as transmissões é o mais valorizado da televisão brasileira. Em 2021, ele foi vendido por R$ 1,8 bilhão.

Sem ter torneios que possam alcançar recordes, como a Libertadores da América, a Globo teme que anunciantes queiram pagar menos para ter suas marcas exibidas na programação. As vendas do pacote comercial do futebol em 2022 deste pacote começam nas próximas semanas.

Publicidade
Publicidade

Em Alta