Se conecte com a gente

Aconteceu

Documentário de Silvio Santos estava pronto e engavetado só esperando a hora de ir ao ar

Documentário exibido ontem pela primeira vez, contou com depoimento inédito do apresentador Gugu, que morreu em 2019.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

Wagner Montes morreu às 11h30 de um sábado de janeiro de 2019, por conta de um choque séptico e sepse abdominal. No mesmo ano, o apresentador Gugu aos 60 anos, depois de sofrer em casa uma queda de quatro metros onde bateu com a cabeça, não resistiu e acabou morrendo. Dilma Rousseff não é mais presidente do Brasil desde que foi afastada do cargo e, posteriormente, acabou sofrendo processo de impeachment.

Se você não acordou de um coma agora, ou não mora dentro de uma caverna sabe muito bem desses fatos, mas quem assistiu ao documentário de Silvio Santos exibido no último domingo (08) no SBT, achou que nada disso tivesse acontecido. Isso porque o documentário, que foi exibido ontem pela primeira vez como um especial para comemorar os 40 anos da emissora, mostrou os depoimentos de todas essas pessoas filmadas em alta definição e, inclusive, como se Dilma Rousseff fosse a atual presidente do país, quando, na realidade, Jair Bolsonaro é quem está, atualmente, na presidência.

Gugu em depoimento no documentário de Silvio Santos; Apresentador morreu em 2019.

O documentário que conta a história de Silvio e do SBT com fatos inéditos, foi gravado ainda quando Silvio tinha 85 anos (hoje tem 90). Foi só agora em 2021, depois desses anos de resistência, que ele decidiu colocar no ar.

Muitos acreditavam que a tal produção só iria ao ar após a morte dele, já que ele vetava categoricamente quaisquer homenagens planejadas pelos programas da emissora.

“Ele nos explicou que, como acionista da emissora, não quer a exibição pelo mesmo motivo que não quis quando tinha 85 anos: nada de autopromoção”, afirmou o SBT em nota enviada para a revista Quem no final de 2020.

Um trabalho de roteiro e direção feito pela irmã do Faustão, Leonor Corrêa.

E acredite se quiser! De acordo com o jornalista Flavio Ricco, se já não bastasse um filme sobre a vida de Silvio, outro já estaria sendo feito. Cada um feito por diferentes empresas e intérpretes. A primeira a tornar público o seu projeto, foi a Paris Entretenimento, onde o ator e apresentador Rodrigo Faro é que foi convidado para interpretar Silvio. Já o outro, em estágio mais avançado, tem foco na carreira profissional de Silvio, principalmente. Nenhum, no entanto, teve a data de estreia anunciada oficialmente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta