Se conecte com a gente

Aconteceu

Jornalista insiste que Madonna opine sobre Bolsonaro e acaba barrada em entrevista

Veículo do UOL estava no lançamento do ‘Madame X’.

Publicado

no

Uma recente tentativa de manchete com posicionamento da cantora Madonna contra Bolsonaro acabou viralizando nas redes sociais. Em sua matéria, Carolina Camargo, jornalista do canal de entretenimento do UOL, finalizou lamentando que Madonna não tivesse se posicionado contra o que chamou de injustiças, após ter sido barrada pela equipe da cantora pop.

A matéria antes destacou que o Splash UOL, era um dos únicos veículos internacionais presentes no lançamento mundial do filme da cantora, que estreia no serviço de streaming Paramount+, no dia 8 de outubro. Além disso, a matéria conta ainda que havia outros jornalistas no local para falar sobre o lançamento do filme. Contudo, a jornalista confessou que se tivesse apenas uma chance, a pergunta feita por ela seria a respeito de Jair Bolsonaro.

Jornalista insiste que Madonna opine sobre Bolsonaro e acaba barrada em entrevista.

Ao se aproximar da jornalista, a assessoria disse a Madonna o nome do veículo e o país. Foi então que Carolina se apresentou e perguntou: “O que você acha de Jair Bolsonaro, presidente do Brasil?”. Neste momento, a jornalista foi cortada por Madonna, que se fez de desentendida e pediu para que desligassem o refletor de luz que a estava incomodando.

De fato, como Madonna estava distante e no local havia muito barulho, não era possível entender. Um segurança ainda caminhava à frente da cantora, e foi então que a jornalista insistiu no questionamento, ao qual Madonna se manteve calada.

Cantora Madonna.

Uma assessora da cantora, que a acompanhava no tapete vermelho, disse que Madonna não iria responder, que o vídeo feito pela jornalista deveria ser deletado, e que ela seria expulsa do evento.

Em menos de um minuto, conta a reportagem, outra assessora veio até a jornalista, e com dois outros assessores pediu seu telefone, acessou a galeria de imagens e para sua decepção, deletou os vídeos.

No Twitter, a matéria da jornalista, que além do caso inusitado, ainda fala sobre detalhes do documentário ‘Madame X’ gerou diversos comentários de fãs que se dividiram apoiando e rechaçando a postura da equipe de Madonna.

Embora a cantora já tenha se posicionado diversas vezes contra Jair Bolsonaro até mesmo na campanha contra sua eleição e pedindo pelo fim do fascismo, a atitude tomada pela equipe de Madonna gerou revolta na jornalista.

Em uma narrativa digna de Felipe Neto, Carolina, apesar de dizer reconhecer que a cantora não é obrigada a falar do atual presidente do Brasil, pontuou que ela deveria por ter muitos fãs brasileiros e ter gravado até mesmo com a cantora Anitta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta