Se conecte com a gente

Aconteceu

Ativistas colam a mão no asfalto em Londres para protestar contra emissões de carbono

Publicado

no

Depois de 10 dias de pausa, as mãos coladas ao chão marcam a volta dos protestos de desobediência civil em Londres. A polícia realizou prisões e se esforçou para interromper o ato, injetando solvente entre o asfalto e as mãos dos ativistas.

De acordo com informações da AFP, o Insulate Britain é um grupo de ativistas ambientais de esquerda, formado por pessoas envolvidas no movimento ambientalista Extinction Rebellion. O grupo começou a hospedar eventos online e presenciais em julho de 2021, também arrecadando dinheiro para ação direta. Eles bloqueiam, repetidamente, estradas e rodovias dentro e ao redor da capital inglesa.

Polícia, em Londres, descola mão de manifestantes, coladas ao asfalto.

Fundado com o objetivo de garantir isolamento em todo o Reino Unido, o grupo apresentou duas demandas específicas para seus protestos de setembro de 2021. A primeira é que o governo britânico financie o isolamento de todas as habitações sociais até 2025, e a segunda é que, até o final de 2021, o governo deve criar um plano para financiar a reforma do isolamento de todas as casas na Grã-Bretanha até 2030, tudo para reduzir as emissões de carbono.

“Por que eu ficaria sentado em casa numa cadeira confortável me divertindo quando cientistas me contam o que está por vir? Tenho que estar aqui. Posso perder minha casa, certamente vou perder meu emprego, mas não posso deixar de estar aqui”, disse um manifestante.

A poucos dias da COP26, o primeiro-ministro Boris Johnson se disse ‘preocupado’ e prudente em relação ao sucesso da cúpula climática, que começa no domingo.

Manifestante é detido pela polícia.

Representantes de mais de 120 países são esperados no evento. Contudo, países como Rússia e China, já afirmaram que não irão comparecer ao evento. A ditadura chinesa, em especial, foi denunciada por meio de um estudo publicado em maio desse ano, pela Rodhium Group, que revelou que o país polui mais do que todos os outros países desenvolvidos juntos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta