Se conecte com a gente

Aconteceu

Depois de anos sem aparecer no Twitter, youtuber americano Leafy reaparece na rede social

Americano foi o pioneiro nos canais de opinião com gameplay ao fundo no YouTube.

Publicado

no

LeafyIsHere é um nome que pode ser desconhecido para alguns. Para outros, porém, é um dos mais famosos e importantes precursores dos canais de opinião no YouTube. Os famosos canais que contém gameplay ao fundo com uma voz narrando, tiveram início com Calvin Lee Vail, o youtuber que se identifica como Leafy.

O americano iniciou seu canal em 2011 e enviou seu primeiro vídeo em 2013. Ele se concentrava principalmente em comentários envolvendo criadores de conteúdo na internet, da mesma forma como a grande maioria dos canais que hoje existem nesse estilo no YouTube do Brasil.

A breve história de polêmicas em que o youtuber americano se envolveu teve início em 2016, quando Ian Carter, um outro youtuber conhecido como iDubbbz, apresentou Leafy em um episódio de sua série ‘Content Cop’, criticando ele e seus vídeos por cyberbullying, entre outras coisas. No mesmo ano, Vail criticou a mulher YouTuber Evalion por apoiar o nazismo e o anti – semitismo. Pouco depois de chamar a atenção para ela, Evalion foi banido do YouTube.

Depois de anos sem aparecer no Twitter, youtuber americano Leafy reaparece na rede social.

Foi também naquele ano, que as declarações de Leafy acabaram fazendo com que ele tivesse um vídeo seu retirado do ar. De acordo com informações que circulavam em fóruns da internet, ativistas LGBT não gostaram das declarações de Leafy, onde ele falava sobre o vlogger transgênero Milo Stewart, e fazia críticas ao conceito de identidade de gênero. O vídeo foi retirado no final de 2019, depois que foi determinado que violava as diretrizes do YouTube.

Leafy então havia decidido dar um hiato em suas aparições, quando em abril de 2020, retornou à plataforma. Em julho, o youtuber começou a criticar agressivamente a streamer Pokimane do Twitch e seus apoiadores com base em especulações sobre a vida pessoal da streamer. Muitos dos vídeos postados foram considerados clickbait, pois ele teria Pokimane no título e na miniatura, mas não faria referência a ela ao longo do vídeo.

O último tweet de Leafy havia sido em maio de 2017. Na madrugada desta quarta (15), porém, o youtuber banido da plataforma publicou uma nova atualização.

A volta do youtuber ao Twitter rendeu diversos comentários com a especulação de que ele poderá voltar em alguma plataforma alternativa. Em 21 de agosto de 2020, a conta do YouTube de Leafy foi encerrada definitivamente. Um porta-voz do YouTube disse que o canal violou repetidamente as políticas do YouTube sobre assédio. De acordo com informações do The Verge, o canal de Leafy teve três violações nos três meses anteriores, como cyberbullying e encorajar os espectadores a interromper as transmissões de outras pessoas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta