Se conecte com a gente

Aconteceu

Brasileira presa por tráfico na Tailândia implora para responder pelo crime no Brasil

A Tailândia é um dos países onde o tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

A condenação por um crime cometido é uma certeza e um medo real que Mary Hellen Coelho, de 21 anos, sente neste momento, já que não está no Brasil. Presa por tráfico de drogas na Tailândia, a brasileira implorou a sua irmã ajuda para que consiga ser deportada, e julgada no seu país de origem.

Três brasileiros, entre os quais Mary Hellen, foram presos no aeroporto de Bangkok, na Tailândia, segundo as autoridades do país. Eles são investigados por tráfico internacional de drogas. Segundo comunicados das autoridades tailandesas, divulgados na imprensa do país asiático, foram apreendidos com os brasileiros 15,5 quilos de cocaína.

Os primeiros detidos foram um homem, de 27 anos, e Mary Hellen, que saíram de Curitiba. Eles chegaram em um voo por volta das 7h de segunda-feira (14), depois de escalas. Horas depois, as autoridades prenderam um morador de Apucarana, no norte do Paraná. O jovem, de 24 anos, havia chegado em outro voo.

De acordo com informações do portal G1, Mary Hellen fala no nome do advogado.

“Eu vou te passar o contato do doutor Edson. Por favor, liga pra ele. Fala pra ele fazer alguma coisa. Fala pra ele mandar a gente pro Brasil, pra gente responder lá”, diz a acusada, com voz de choro e aparentando desespero.

Mais brando, o Brasil, diferente da Tailândia, não é um dos países onde o preso pelo tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte, dependendo da quantidade e das circunstâncias.

Confira o áudio:

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta