Se conecte com a gente

Aconteceu

Luciano Huck é acusado de humilhar estrangeiro pobre ao explorar tragédia de congolês

Modo como apresentador falou do caso deixou telespectadores indignados.

Publicado

no

Luciano Huck, mais uma vez, se envolveu em uma polêmica com seu programa na TV Globo. Ao explorar o caso do congolês Moïse Kabagambe, morto no Rio de Janeiro na semana passada, o apresentador foi acusado de humilhar estrangeiros pobres.

No Twitter, diversos telespectadores expressaram indignação com a atitude de Huck que em seu programa ‘Domingão com Huck’, fez uma homenagem ao imigrante, e também repercutiu uma matéria falando sobre refugiados de guerra.

“Luciano Huck não feliz em humilhar brasileiro pobre agora vai humilhar estrangeiro pobre. Meu Deus, parem esses milionários”, pediu uma internauta identificada apenas como Fake Jappa.

“Gente, o Luciano Huck agora evoluiu. Quer humilhar pobre estrangeiro. Falta de respeito e invasão ao meu ver. O casamento é arranjado ambos estão muito tempo sem se ver e nitidamente constrangidos”, disse Lakini Silva sobre um casal de refugiados entrevistado pelo programa da Globo.

Luciano Huck é acusado de humilhar estrangeiro pobre ao explorar tragédia de congolês.

“Nossa, é sério que o Luciano Huck tá comparado a história de um imigrante congolês com a de um curdo e vendendo como se fosse a mesma coisa?”, comentou Evaldo Leandro. “O Luciano Huck tem um prazer sádico de estragar completamente o domingo do brasileiro”, constatou Leo Sena.

“Luciano Huck dizendo que ia mostrar a história de um refugiado oposta a de Moïse… O refugiado é um sírio de pele clara, visualmente uma pessoa branca. Olha, sinceramente”, criticou uma moça chamada Julie.

“Eu perguntando pra minha mãe qual é o pobre da vez que o Luciano Huck vai humilha. Ela barriou [Palavra utilizada no estado de Sergipe que signific chateação ou raiva]”, debochou Eric Santiago.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta