Se conecte com a gente

Tecnologia

Apple avalia lançamento de serviço de ‘aluguel’ de iPhones e iPads com assinatura

Usuário pagaria mensalidade via Apple ID, o que deixaria celular e iPad mais acessíveis; o projeto é previsto para até 2023.

Publicado

no

Quer ostentar um aparelho iPhone e não consegue por conta do preço? O novo plano da Apple pode ser a solução para o seu problema.

De fato, já existem serviços de assinatura mensais de eletrônicos, e ao que tudo indica, eles vieram para ficar. Em breve, de acordo com informações do jornal O Globo, a Apple pode lançar uma modalidade para que interessados em seus produtos comprem iPhones e outros dispositivos da empresa pagando uma parcela por mês.

Uma reportagem do portal Bloomberg diz que “o serviço seria o maior ‎impulso da Apple até agora em vendas recorrentes, por permitir que os usuários assinassem hardware pela primeira vez.”

A ideia é que usuários possam assinar um plano de iPhone e pagar de forma recorrente todos os meses pelo uso do aparelho. O serviço também poderia funcionar para outros dispositivos da marca como iPads e Macs.

Ainda de acordo com a reportagem do Bloomberg, o projeto está em desenvolvimento e os produtos teriam garantia Apple Care, sendo, dessa forma, protegidos contra eventuais danos durante a assinatura.

Pelo projeto, a ideia é permitir que os clientes façam adesão a seu novo serviço de assinatura com a mesma conta Apple ID e App Store que eles usam hoje para comprar aplicativos e assinar serviços.

Hoje, a Apple oferece, por exemplo, o serviço de armazenamento do iCloud ou uma assinatura do Apple Music, pelos quais os usuários pagam uma quantia mensal.

O valor das mensalidades ainda será definido. Já se sabe que não seria o preço do aparelho dividido em 12 ou 24 meses, como num parcelamento tradicional. A taxa mensal vai depender de qual dispositivo o usuário escolher.

Além disso, a assinatura estaria atrelada aos serviços digitais da marca, não sendo necessário pagar a mais por Apple Music, TV+, Fitness+, Arcade e iCloud+, por exemplo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta