Se conecte com a gente

Aconteceu

Homem tem parada cardiopulmonar e morre após tentar estuprar funcionária de sex shop

Homem tentou estuprar funcionária do estabelecimento, mas foi impedido por testemunhas que o agrediram até a morte.

Publicado

no

Nesta quinta-feira (10) uma mulher acabou sendo vítima de uma tentativa de estupro no Riacho Fundo II, no Distrito Federal, enquanto trabalhava em um sex shop.

De acordo com informações do portal G1, a vítima contou à polícia que um homem havia pedido para ver alguns produtos depois de chegar ao estabelecimento.

Em seguida, quando a funcionária do sex shop foi ao depósito para buscar o ítem, o homem tentou agarrá-la e passou a agredi-la. A lojista contou que chegou a ser enforcada e arrastada pelos cabelos.

As agressões, segundo a mulher, duraram pelo menos 1 minuto. As imagens do crime, registrado pelas câmeras de segurança do sex shop, mostram que o homem tentou agarrar a mulher para uma área reservada da loja, porém a vítima resistiu. Em seguida, um outro homem entra no sex shop e tenta, sem sucesso, tirar o agressor de cima da vítima. Ainda conforme as imagens, outras duas pessoas entraram no local e agridem o homem até a morte.

O caso, na polícia, foi registrado como homicídio e tentativa de estupro. Policiais identificaram quatro pessoas por suspeita de terem agredido o homem que tentou estuprar a lojista.

Segundo a Polícia Civil, o autor da tentativa de estupro foi agredido por testemunhas, teve uma parada cardiopulmonar e morreu. O nome dele não foi divulgado.

Durante as agressões, segundo a investigação, a irmã do autor da tentativa de estupro chegou ao local do crime. Ela disse à polícia que ele estava sob efeito de drogas.

Policiais militares chegaram ao local do crime e socorreram o homem. Ele foi atendido pelo Corpo de Bombeiros, que tentaram reanimá-lo após 53 minutos de manobras de ressuscitação, todavia já era tarde, porque naquele momento já estava ardendo no fogo do inferno.

Publicidade
Publicidade

Em Alta