Se conecte com a gente

Aconteceu

Igor revela que Flow ainda sofre retaliações após saída de Monark: “Tô de saco cheio”

Entre outras punições, sete canais da empresa foram desmonetizados.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

Ceder a pressão e demitir Monark após ele defender a existência de um partido nazista não foi o suficiente. Igor, que agora comanda a apresentação do Flow com um convidado no lugar de Monark, revelou, no episódio 26 da nova temporada, que o podcast ainda sofre retaliações.

Segundo o remanescente, o Flow segue sofrendo punições mesmo após ter sido anunciada de forma oficial, a saída de Monark da equipe.

“A gente tá sendo punido sem parar de uma maneira escrota […] e eu tô de saco cheio disso”, desabafou.

Uma das punições foi a desmonetização de 7 canais do universo Flow, ainda que pelo menos seis desses canais não tenham nada a ver com o episódio que aconteceu no início de fevereiro. São eles: Flow Podcast, Cortes do Flow, Flow Poop, Flow Sport Club, Aquele Flau, Cortes do Flow Sport Club e Flow Sport Poop.

A decisão por punir os canais, de acordo com Igor, foi tomada de forma unilateral pelo YouTube, sem que ele tivesse o direito de se defender, e apresentar seu contraponto explicitando que o Flow agora é uma firma que emprega muitos funcionários, e não somente mais um “canal de Igor e Monark”.

Igor conta ainda que a punição teve um fim, e que era possível entrar com pedido para monetizar os canais novamente. Contudo, esse pedido até agora não teve retorno: “Colocaram a gente em banho maria”, contou.

Flow Podcast faz comunicado oficial e anuncia desligamento de Monark da equipe.

Outra punição dada pelo YouTube ao Flow, foi a drástica redução de alcance na plataforma. Os episódios, segundo conta Igor, são boicotados pelo algoritmo e não são anunciados via notificação para absolutamente ninguém. Ele disse estar irritado com a situação porque não ficou inerte perante o episódio, tomou as decisões para não ser punido, tentou conversar e no entanto, não foi ouvido.

“A gente foi por um caminho, que era o caminho apaziguador. “Vamo conversar”, “vamo trocar ideia”, e não tem conversa, não tem trocar ideia [com eles]…”, desabafou.

Ao ser perguntado por Fabrício Di Paolo, o Lord Vinheteiro, se teria alguém por trás da sabotagem contra o Flow por não gostar deles por alguma razão, Igor disse acreditar que tenha, mas que não tem como provar, não faz ideia de quem é, e que só pode especular quem seja pelo modo genérico como todos os contatos vem sendo feitos.

O remanescente disse ainda que o YouTube não foi a única plataforma que puniu o Flow. A Twitch, onde o podcast também era transmitido de forma simultânea, o proibiu de fazer lives com os episódios.

Monark já não faz mais parte da equipe desde o dia 8 de fevereiro, que foi quando foi anunciada sua saída em nota oficial emitida pelo podcast.

Apesar de todo o acontecimento, Igor diz que segue sendo amigo de Monark e que ainda há mais fatos a serem revelados sobre tudo o que ocorreu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta