Se conecte com a gente

Aconteceu

Fatos Desconhecidos adere ao ‘mês do orgulho’ com matéria: “É um momento para celebrar”

Publicado

no

Após ter feito uma matéria falando sobre o que chamou de “importância do pronome neutro”, a página Fatos Desconhecidos escancarou mais uma vez seu viés progressista, desta vez com uma matéria sobre o mês do orgulho.

A publicação, que foi divulgada em sua página oficial no Facebook, é assinada por Bruno Dias: “Em junho se celebra o Orgulho LGBTQIA+, por isso falamos aqui alguns fatos sobre o mês que nem todos conhecem”, diz a legenda no Facebook.

Dissertando a respeito do polêmico tema que divide opiniões, o texto intitulado “Fatos sobre a história do mês do orgulho” conta sobre a data que é celebrada desde 1970, e afirma ser um momento para se colocar “uma luz na exigência por igualdade e libertação”.

“Esse é um momento para celebrar o que significa ser lésbica, gay, bissexual, transgênero, queer e todas as nuances da sigla, ao mesmo tempo que se coloca uma luz na exigência por igualdade e libertação”, diz o início da matéria.

O tema, como sempre, é cercado de opiniões que se revoltam com o conteúdo em questão, e outros que dizem haver importância em falar sobre ele.

Fatos Desconhecidos adere ao ‘mês do orgulho’ falando a respeito do tema.

Nos comentários da publicação na página, diversos seguidores se dividiam, entre apoio e reprovação ao conteúdo:

“Isso é um Fato Desconhecido e pra mim pode continuar desconhecido!”, comentou um seguidor da página identificado como Wellington. “Orgulho se tem do caráter e não da escolha sexual”, protestou uma seguidora indentificada como Daniela Oliveira. “Pela quantidade de comentários que vejo aqui, dá para perceber o porque do atraso do Brasil em relação ao mundo. Falam mal de tudo e de todos, e são um dos povos com mais preconceito.”, observou Diogo Antunes.

Em outros comentários, seguidores mais progressistas aplaudiram a iniciativa da página de falar sobre o assunto: “Estou adorando ver que a Fatos informa sobre esse tema de grande importância, e não se importa com os fascistas preconceituosos”, elogiou Gabriela Lima.

Desta vez, no entanto, a adesão da página à data se resumiu apenas a divulgação da matéria. Para mascarar a preferência e evitar a perda de seguidores mais conservadores, a Fatos Desconhecidos não modificou sua foto de perfil para apoiar a causa, da mesma forma que fez em 2015.

No mês de junho, diversas marcas, páginas e grupos de mídia, modificam sua foto de perfil para manifestar apoio ao chamado ‘mês do orgulho’. A data, contudo, não é lembrada em países do oriente médio.

Publicidade
Publicidade

Em Alta