Se conecte com a gente

Aconteceu

Governo da Alemanha assume crise no fornecimento de gás e pede que cidadãos economizem

Publicado

no

O governo da Alemanha ativou nesta quinta-feira, 23, o nível de alerta do plano de contingência de gás, por causa da oferta reduzida no país.

De acordo com o plano, esse nível indica uma interrupção no fornecimento de gás ou uma demanda excepcionalmente alta, levando a uma deterioração significativa da situação de abastecimento do combustível. No entanto, o mercado ainda é capaz de lidar com essa demanda.

De acordo com informações do portal G1, o ministro da Economia, Robert Habeck foi o responsável por divulgar a informação: “A situação é séria”, disse Habeck. “O estrangulamento do fornecimento é um ataque econômico de Putin contra nós”, disse, referindo-se ao presidente russo.

A principal prioridade agora é encher os tanques de armazenamento de gás, segundo Habeck. Fornecedores alternativos devem ser procurados, e as energias renováveis ​​serão expandidas. Além disso, os alemães deverão reduzir o consumo de energia.

“Estamos em uma crise de energia. O gás é agora uma mercadoria escassa. Os preços já estão altos e temos de nos preparar para novos aumentos”, explicou o ministro.

O nível de alerta é o segundo dos três níveis do plano de emergência. O mais alto seria o chamado nível de emergência.

O corte de gás natural pela Rússia deixou a Europa em alerta. Países do continente ainda não conseguiram armazenar o insumo, que seria importante nos meses de inverno.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta