Se conecte com a gente

Aconteceu

Ladrão furta casa, esquece própria foto e uma Bíblia no local e acaba preso ao voltar para buscar

Publicado

no

Um marginal, de 22 anos, foi preso após furtar uma casa e, no local, esquecer a própria foto, uma bíblia e roupas. Ele arrombou a residência, levou uma botija e acabou flagrado quando voltou para pegar os pertences. De acordo com informações do portal G1, o caso inusitado foi registrado na vila Campos Novos, em Iracema, Sul de Roraima, e divulgado nesta sexta-feira (1º) pela Polícia Civil.

No dia do furto, o suspeito arrombou a janela da casa, entrou e furtou a botija. Ao ir embora, deixou na varanda a bíblia, algumas peças de roupas e um quadro com a foto dele. Quando os donos do imóvel chegaram, acionaram a Polícia Militar.

“A PM foi acionada e como foi encontrado os pertences pessoais do acusado, parentes da vitima deduziram que ele podia retornar à residência para buscar os pertences. O que realmente ocorreu”, disse o delegado do caso, Adriano Santos.

O jovem, segundo o delegado, era “conhecido por cometer furtos pela região.” Durante o interrogatório, ele confirmou ter cometido o furto e disse que tinha vendido a botija de gás por R$ 50 para um agricultor, de 50 anos, e usado o dinheiro para comprar drogas.

O agricultor que comprou a botija foi identificado e vai responder ao crime de receptação. Ao ser questionado, ele confirmou ter comprado, mas disse que não sabia que o objeto havia sido furtado.

Na delegacia, o jovem foi autuado por furto qualificado. Contra o agricultor foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência pelo crime de receptação.

O delegado do caso fez um alerta às pessoas para que evitem comprar produtos sem nota fiscal ou com valor muito abaixo do que são comercializados no mercado, pois podem ser objetos que tenham sido obtidos de forma criminosa.

“Quem compra objetos de origem duvidosas, sem nota fiscal, com preço muito abaixo do praticado no mercado, pode te problemas, uma vez que o objeto pode ter sido furtado ou roubado, e isso é crime e a pessoa vai responder criminalmente por este ato”, disse.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta