Se conecte com a gente

Aconteceu

Funcionário de 23 anos do McDonald’s morre após ser baleado em briga por batatas fritas

Publicado

no

Morreu nesta sexta (05) em Nova York, o funcionário do McDonald’s, Matthew Webb, de 23 anos. O jovem, que trabalhava em uma filial da lanchonete no bairro do Brooklyn, em Nova York, nos Estados Unidos, não resistiu aos ferimentos após ser baleado na última segunda em uma discussão com uma cliente por batatas fritas.

De acordo com informações da rede americana CBS, o jovem foi baleado por Michael Morgan, de 20 anos, que já havia sido acusado por tentativa de homicídio. Além disso, segundo o jornal New York Post, o assassino também já havia sido acusado por posse criminosa de armas de fogo.

O assassino Michael Morgan, de 20 anos.

A discussão começou quando uma cliente se irritou após ser servida com batatas fritas frias, e foi para cima de Matthew discutir com ele. A briga acabou seguindo para fora do estabelecimento, quando a mulher chamou seu filho, Michael, para “cuidar do problema”. Ele então sacou uma arma e deu um tiro no pescoço de Matthew, que foi levado às pressas para o Hospital Brookdale, onde permaneceu internado em estado grave.

Funcionário do McDonald’s, Matthew Webb, de 23 anos.

Segundo a reportagem da rede CBS, a polícia informou que Michael Morgan foi preso e agora aguarda julgamento com a acusação de homicídio. Ele já havia sido preso outras vezes, inclusive por furto em 2019 e agressão e roubo em 2018.

Ainda de acordo com a polícia, Michael confessou que também havia matado um outro homem de 28 anos, em outubro de 2020. Contudo, por não haver provas o suficiente, não foi preso na ocasião.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta