Se conecte com a gente

Aconteceu

Mulher termina namoro após homem lhe servir pão com mortadela: “Me deixou por ser pobre”

Publicado

no

Relacionamentos nem sempre são fáceis, e muitas vezes podem ter um fim repentino. É o caso de um jovem de La Rioja, cujo relato acabou viralizando com a repercussão da imprensa argentina. É que a experiência ruim contada pelo jovem, é de que após ele preparar sanduíches de mortadela com Coca-Cola para sua namorada, ela teria terminado o relacionamento com ele.  O término repentino após o ocorrido o fez acreditar que tenha sido pelo fato de ele ser pobre.

De acordo com informações do jornal argentino Clarín, o rapaz, que optou por permanecer no anonimato, contou que compartilhou sua história com o objetivo de conscientizar mais pessoas que estivessem na mesma situação que a dele. Além de publicar nas redes sociais o acontecimento trágico, o romântico frustrado enviou sua história para um jornalista local.

O rapaz serviu os pães com mortadela e Coca-Cola no dia em que a garota levaria seus pais para conhecê-lo. Para a mulher, aquilo não era o certo a servir para os potenciais sogros e, envergonhada, ela decidiu terminar o curto namoro.

Mulher termina namoro após homem lhe servir pão com mortadela: “Me deixou por ser pobre”.

Uma reportagem do jornal argentino Los Andes, conta que o casal se conheceu menos de um mês antes, na véspera do Natal de 2021. Os pombinhos se apaixonaram e ficaram juntos até o dia do ocorrido do sanduíche quando, além do prato “polêmico”, a moça descobriu que seu namorado trabalhava como cortador de grama enquanto terminava a faculdade, algo que nunca havia mencionado para ela.

Em seu relato, o rapaz disse que omitiu esses fatos da sua vida de propósito, pois sabia que sua namorada vinha de uma família mais rica. Dessa forma, como a realidade financeira dos dois era muito diferente, iminentemente isso seria um problema.

E ele estava certo, pois foi exatamente por conta da disparidade de rendas que sua namorada o deixou.

O rapaz conclui seu relato dizendo que ainda está tentando superar o ocorrido, mas que ainda gostava da menina, por isso não mencionou nomes para que ela não corresse o risco de ler e reconhecer a história.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta