O que acontece quando se criam impostos para os mais ricos?

Todo mundo um dia já parou pra pensar em soluções para problemas que envolvem a crise no Brasil. Algum dia você com certeza já deve ter pensado: "Se o Brasil está em crise, por que o governo não imprime mais dinheiro e acaba com o problema?" Mas tudo não passa de uma mera ilusão.

Como seria se a Terra tivesse anéis assim como Saturno?

Nossa visão do céu seria bem diferente. A exemplo de Saturno, os anéis estariam entre 7 mil e 80 mil km acima da superfície, posicionados acima da Linha do Equador. Vem ver mais.

Mulheres que abortam têm mais chances de cometer suicídio, segundo estudo

Mulheres que fazem abortos também têm quase o dobro de risco de desenvolver problemas mentais em comparação com as demais pessoas, segundo estudo.

30 curiosidades que você não sabia sobre os cachorros

Será que você conhece tanto assim sobre os cachorros? Veja nosso artigo

Fumar maconha apenas 5 vezes na adolescência já aumenta risco de psicose, segundo estudo

Fumar maconha pode não ter os mesmos efeitos para todo mundo e, quando o início do hábito começa na adolescência, é ainda mais prejudicial.

12/12/2018

Pioneiro nos vlogs, PC Siqueira é ultrapassado por seu rival Nando Moura, que alcança 3 milhões de inscritos

PC Siqueira de agora em diante tem motivos para se enfurecer, pelo menos quando for comentar sobre números. Isso porque seu rival declarado Nando Moura, que começou pra valer as atividades produzindo vídeos para o YouTube há pouco menos de 3 anos, já o ultrapassou em número de inscritos. 

O guitarrista, professor de música e produtor musical nordestino, se empenhou em contra-atacar o que considerava erro nos vídeos postados por PC em seu vlog que existe desde 2010 chamado MasPoxaVida.


PC, que tempos atrás chegou a chamar Nando de mirim, parece agora tentar correr atrás do prejuízo que sofreu, dizendo que fará vídeos sobre o Nando dia após dia.

O vlog de PC já teve seus momentos de glória

Não apenas por ter sido o vencedor do Shorty Award: Video Blogger mas também por vários outros fatores, o MasPoxaVida já teve seus momentos de glória enquanto maior canal de vlogs do Brasil. Dos vídeos recentes de PC, porém, os com mais views são falando sobre Nando Moura, devido ao fato do próprio Nando direcionar views para ele comentando na aba comunidade de seu canal no YouTube e incitar seus inscritos para ativar.

Polarização e grande influência

Tanto Nando como PC já são considerados influenciadores políticos da mídia digital. Ambos já tiveram seus vlogs recomendados por políticos alinhados, cada um, com o que pensam. O de PC por exemplo, já foi recomendado por Lula, Dilma e mais recentemente, pela candidata a vice-presidente Manuela d'Ávila, enquanto Nando foi recomendado por Jair Bolsonaro.

Público e rejeição

Nesse aspecto, é possível analisar que os canais não estão em pé de igualdade. Todavia, é possível perceber que pouca é a diferença de rejeição com relação a outro. Pelo fato de ter ultrapassado PC Siqueira em número de inscritos, Nando Moura naturalmente conquistou uma aprovação maior o que não significa que seus vídeos não tenham rejeição. Só que a diferença fica evidenciada quando Nando apresenta tranquilidade ao compartilhar os vídeos de PC, e em seguida se vê que esses são os vídeos com mais visualizações e ao mesmo tempo, os mais mal avaliados.

O que significa que, embora tenha mais visualizações, os vídeos não estão detendo engajamento a nível de retenção, o que pode não ser vantajoso para o canal de PC.


Marcas e anunciantes de olho nas views e engajamento

A Curiozone andou pesquisando a opinião de agentes de publicidade, que admitiram que em tempos de redes sociais, as marcas estão de olho no engajamento. Um youtuber que tenha muitos vídeos e até mesmo uma grande quantidade de inscritos mas que não tenha uma porcentagem relativa em questão de comentários, bem como aquele que tenha muitas views mas que seja unanimemente rejeitado não são cenários vantajosos para uma marca escolher anunciar seus produtos.

Novos investimentos do músico

Recentemente, outro canal que Nando Moura criou também alcançou uma marca notável na plataforma. O Noob Opressor, canal secundário dedicado a gameplays, atingiu 100 mil inscritos no YouTube. Para se inscrever, caso tenha interesse, basta clicar aqui.

10/12/2018

O verdadeiro problema exposto no caso do vira-lata no Carrefour

Um cachorrinho morto depois que foi agredido por um segurança de uma empresa terceirizada nas dependências da unidade de Osasco, SP do Carrefour, evidenciou mais uma vez um problema no país: cães abandonados. 

Depois do segurança que agrediu o cachorrinho ser detido na delegacia, entender que é obrigação do Carrefour se posicionar e não permitir que isso aconteça outra vez é absolutamente coerente. Até porque ninguém é a favor do incentivo a maus tratos contra animais. O que não é coerente no entanto, é manter os olhos em direção apenas a rede de hipermercados, enquanto um verdadeiro canil está à solta nas ruas do Brasil.


O Carrefour não vai fazer nada? Bom, já fez! E nada mais óbvio e sensato que decidir fazer o que fez depois do episódio. De acordo com a empresa, além do segurança já ter sido demitido, de agora em diante será criado o "PetDay", que será "um evento anual, no dia 28 de novembro, e outros com maior frequência, em memória ao Manchinha, com ações de conscientização da importância da causa animal a todos os colaboradores, em conjunto com a sociedade.", além disso, a multinacional francesa disse que vai trabalhar na melhoria na estrutura e equipamentos do Centro de Zoonoses de Osasco (SP), promover a revisão dos treinamentos de todos os seus colaboradores e prestadores de serviço, além de outras medidas como revisão dos procedimentos internos para encaminhar animais abandonados. Essa, que certamente é a principal e mais emergencial medida a ser tomada por eles.

Independente das motivações, sejam elas sinceras ou não, ficar de braços cruzados é que não seria justo. Mas o que chama mais atenção nas medidas anunciadas pela empresa, fica uma em especial que é a realização de feiras de adoção de animais em todo o país. Quantos depois da manifestação feita em frente a loja de Osasco já decidiram mudar os rumos dessa história?

Esse problema evidenciado no caso Manchinha não é nenhuma novidade. Isso porque de acordo com um levantamento feito pela OMS, cerca de 20 milhões de cães estão abandonados nas ruas de um país que tem cerca de 200 milhões de habitantes: o Brasil. 


Nos grandes centros, a estimativa da OMS é de que para cada cinco moradores, haja um cão, e 10% destes animais estão abandonados.

As consequências desse problema vão desde maus-tratos (como foi o caso do Manchinha), até morte por doenças, atropelamento e até mesmo brigas com outros animais e cachorros.

Para ajudar a mudar os rumos dessa história, as soluções são inúmeras:

Adotar um cachorro de abrigo

Se você está em busca de um novo cão, adotar é a melhor coisa que você pode fazer. Assim, além de estar salvando uma vida que tem poucas chances nesse mundo, você ainda abre espaço pra outro cão ser resgatado pela ONG.

Não tenha preconceito contra vira-latas

Os SRDs (sem raça definida, famosos vira-latas) são extremamente gratos, vão amar você incondicionalmente e são incrivelmente resistentes à doenças.

Ajude um animal de rua

Se você encontrar um animal na rua, não fique sem fazer nada. Leve-o até uma ONG que possa recebê-lo para castrá-lo e doá-lo com responsabilidade. Se você não tem como fazer isso, forneça água e comida para o cão, ele pode estar morrendo de sede e fome.

Ofereça lar temporário (LT)

Muitas ONGs não tem espaço para abrigar mais um animal ou pessoas dispostas a fazer isso. Elas precisam muito de pessoas disponível para ceder lar temporário. Isso significa que o cãozinho fica aos seus cuidados até achar uma família que o adote.

Ajude uma ONG com doações

Os protetores de animais travam uma batalha diária pra conseguir fundos para manter os animais resgatados. Se você puder contribuir com um valor mensal, mesmo que pequeno, será de grande ajuda pra eles.

Compre os produtos de uma ONG

Muitas ONGs vendem produtos pra conseguir pagar as despesas do tratamento dos animais. Se possível, ajude-as comprando os produtos que vendem.

Seja voluntário em uma ONG

Os protetores sempre estão precisando de gente pra auxiliar no trabalho. Você pode ajudar na limpeza, construção de canis e ambientes, voluntariando-se em feiras, oferecendo transporte, cuidando do marketing, respondendo e-mails e muito mais. Escreva pras ONGs da sua região e pergunte se precisam de alguma ajuda.

Compartilhe informações importantes

Se as pessoas sabem como cuidar dos seus cães, as vantagens da adoção e tantas outras coisas, isso repercute em animais mais felizes e em um mundo melhor. Sempre que você encontrar uma matéria importante, divulgue no seu Facebook, no Twitter ou por e-mail. Quanto mais gente souber, melhor.

07/12/2018

Pela primeira vez no mundo, onça-parda branca rara é vista no Brasil

Florestas mágicas têm unicórnios. Florestas brasileiras da vida real têm onças brancas. Pesquisadores do ICMBio flagraram no Parque Nacional da Serra dos Órgãos o primeiro registro do mundo de uma onça branca. Até agora apenas tigres e leões brancos eram conhecidos.

A onça branca é uma parda ou suçuarana (Puma concolor), cuja pelagem normalmente é avermelhada. O animal foi avistado apenas uma vez, em 2013, nas imediações de Petrópolis. Mas a bióloga Cecília Cronemberger, que liderou o estudo, explica que a imagem só foi apresentada agora porque os pesquisadores esperaram a publicação numa revista científica, a “CatNews”, para divulga-la. Postada nas redes sociais pelo autor da foto, o biólogo Lucas Gonçalves, a imagem rapidamente viralizou.


Cronenberger explica que não se trata de albinismo, quando todo o animal é branco e pode haver complicações de saúde. É um caso de leucismo, quando apenas a pelagem é branca devido a uma alteração genética. É o equivalente branco do melanismo que faz com que as onças e leopardos sejam negros —  na verdade, as pintas continuam visíveis sob a pelagem escura.  A onça branca, um macho jovem, segundo a pesquisadora, parecia ser bastante saudável.

O achado faz parte do Projeto Monitora, que acompanha com armadilhas fotográficas e estudos de campo, a fauna da do Parnaso. O trabalho existe desde 2010, mas está parado há dois anos por falta de recursos.

O misterioso macho branco nunca mais foi visto, mas Cronemberger, diz que não há motivo para achar que tenha morrido:

— Onças são animais naturalmente ariscos e os machos jovens, como ele, se deslocam grandes distâncias em busca de território.

A onça branca, uma das mais fantásticas criaturas já avistadas, pode estar em algum lugar nos últimos fragmentos da Mata Atlântica que resistem no Brasil.

Conheça mais sobre essa espécie

A onça-parda (Puma concolor) ou suçuarana também é chamada de onça-vermelha ou leão-baio. Poucos animais são mais fofos do que os filhotes, que nascem pintados e muito felpudos. Ao crescer, essas onças se tornam esguias e ágeis.  Um macho adulto pode pesar até 70 quilos e medir 80 centímetros de altura nos ombros e ao redor de 2, 5 metros do focinho à ponta da cauda. Esse tamanho, porém, raramente é observado em animais da Mata Atlântica, que são menores, do tamanho de um pastor alemão. As fêmeas não passam de 50 quilos.

As suçuaranas são animais ariscos, temem o ser humano. Só ataca o ser humano se for acuada ou ficar em pânico. Respeitada a distância, não há problema. E manter onças distantes tampouco é difícil. Elas se assustam com facilidade. Não gostam de luzes e menos ainda de sons fortes, como os de fogos e buzinas. Apitos, rádio e TV em som alto já costumam ter efeito.

 Só existe um registro no Brasil de ataque de onça-parda a pessoas, em Carajás, há mais de 30 anos e mesmo assim porque havia lixo espalhado por um ajuntamento humano cercado por densa floresta amazônica.

Ouvir uma onça também é para poucos. E não espere um rugido. O famoso esturro, trovão das matas dos tupis, é a voz das onças-pintadas. A suçuarana mia como um gatinho.

Fonte: O Globo

Kiara, a vira-lata que atacou um pedófilo e salvou uma menina de 12 anos de uma tentativa de estupro

É assim a vida desta vira-lata: recebe carinho e atenção dos donos o tempo todo. Dócil, retribui os cuidados, só que agora o amor da família pelo bichinho de estimação ficou ainda maior, já que Kiara, uma vira-lata encontrada na rua, salvou a vida desta menina de 10 anos, vítima de agressão e tentativa de estupro.


O caso aconteceu em 2014, em Pilar do Sul, cidade do interior paulista a 150 km da capital.

Enquanto os pais estavam no trabalho, garota de 10 anos estava sozinha em casa no bairro dos Ipês. Durante a tarde, um homem parou em frente à residência e pediu um copo dágua em uma atitude premeditada para fisgar a vítima.

"Ele pediu água, eu entrei e dei água pra ele e aí depois ele pediu pra ir no banheiro. Deixei ele lá no banheiro, aí ele falou assim: "...dá para você pegar um negócio que tá ali atrás do vaso". Aí eu fui ver o que era, aí ele tampou minha boca e depois me levou pro quarto..." — conta a criança.

Desesperada, a menina tentou fugir do homem mas ele fez ameaças. Disse que se ela gritasse seria morta. Com medo, a única alternativa foi pedir ajuda a cachorrinha que estava no quintal. Com apenas um sinal da criança, a heroína entendeu o recado, foi para cima do criminoso e o mordeu.

De acordo com a menina, foram muitas mordidas. Nervoso por não conseguir o que queria, o estuprador agrediu a cabeça da menina dando vários golpes com um pedaço de madeira. Assustado com Kiara, que rosnou e latiu por várias vezes e cada vez mais alto, o pedófilo acabou desistindo e fugiu. A vítima, mesmo atordoada, conseguiu se arrastar para rua e pediu ajuda aos vizinhos. 

Foram 11 dias internada na UTI do Hospital Regional de Sorocaba, 5 deles em coma induzido. As agressões ocasionaram traumatismo craniano, mas enquanto ela permaneceu na unidade de saúde, a família não sabia ao certo o que realmente tinha acontecido. Diante das características do maníaco, a polícia descobriu que ele sempre perambulava pelas ruas do bairro onde a menina morava e daí então não demorou muito para que ele fosse preso.

O que mais chocou a família da vítima, foi descobrir que o estuprador tinha sido liberado a menos de dois meses do HCTP, Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico de Franco da Rocha, um antigo manicômio judiciário. O homem estava internado por apresentar comportamento antissocial.

Para a mãe da garota, a justiça errou ao colocar na rua um homem tão perigoso.

Fonte: Band

05/12/2018

eGuinorante alcança mais de 20 mil inscritos em menos de 9 horas depois de criar canal reserva pelo strike que levou

O canal eGuinorante de Guilherme Marques, que entre outras diversas coisas, fez o react mais rápido do YouTube como já publicamos aqui na nossa coluna, sofreu por conta de uma arbitrariedade nessa semana. Seu canal, que conta com mais de 1 milhão de inscritos atingidos há poucos meses, sofreu uma penalidade de direitos autorais por conta de uma empresa chamada Jukin Media o que fará com que ele perca seu canal, caso a penalidade não seja cancelada em 7 dias.

A arbitrariedade se dá pelo fato de que apesar de nunca apresentar provas de detenção dos direitos dos vídeos que assegura ter, a empresa, segundo Guilherme Marques, vive aplicando strikes em canais do YouTube, com o objetivo de arrecadar monetariamente já que, de acordo com ele, os trechos onde supostamente a Jukin Media teria direito, são de apenas 3 segundos e estes, ele faz questão de excluir de seu canal quando recebe um aviso.

Canais de react como o de Guilherme, vale lembrar, são grandes alvos dessas empresas, já que sempre utilizam trechos de vídeos para reagir.

Se prevenindo do risco de perder seu trabalho, Guilherme já criou um novo canal e em menos de 9 horas, já alcançou mais de 20 mil inscritos (mais precisamente 22.059 até o fechamento dessa matéria) o que é praticamente uma torcida de futebol inteira. A nível de comparação, o canal reserva de Guilherme tem seguidores o suficiente para lotar a atual capacidade máxima do estádio do Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, que suporta até 21.980 pessoas.


Diferença entre strike e flag

Para entender o que aconteceu no canal eGuinorante, é preciso entender antes a diferença entre os tipos de ocorrência no YouTube. Todo canal que está na plataforma tem liberdade de criação e expressão, mas não significa que tem liberdade para criar com qualquer coisa ou falar o que quiser e bem entender. 

O sistema do YouTube notifica seus usuários através de um flag (esta que não oferece risco de perda do canal) e aplica penalidade via strike, que é um sinal amarelo de alerta. Ele pode ser dado por conta de denúncias de violação das diretrizes da plataforma ou por uma denúncia de violação de direitos autorais. O risco de exclusão de um canal ocorre apenas se levar 3 strikes em menos de 90 dias, ou seja, 3 meses, que foi o caso do eGuinorante.

É necessário atentar então, que uma flag é apenas um aviso e um strike, é uma penalidade aplicada.

Caso canal seja apagado, vídeos não serão perdidos

Guilherme garantiu em live, que caso perca seu canal com 1 milhão de inscritos, repostará todos os vídeos do canal atual no canal reserva, uma vez que tem o backup de todos os vídeos gravados em nuvem.

Para se inscrever no canal eGuinorante reserva, basta clicar aqui.

04/12/2018

Buco, o vira-lata que era andarilho e acabou virando “gerente de posto” e sucesso entre clientes em Marília, SP

Os clientes de uma rede de postos combustíveis de Marília (SP) já se acostumaram com uma presença constante no momento do abastecimento de seus carros: além dos frentistas, Pernambuco está sempre lá, atento, todos os dias, aparentemente “fiscalizando” o atendimento. Só que, na real ele está à espera de um aceno, um afago ou mesmo uma coçada na cabeça.

Pernambuco, ou apenas “Buco” para os mais íntimos, é um típico cão sem raça definida que vive no posto e já é conhecido dos clientes.

Mas recentemente assumiu um novo patamar depois que ganhou um crachá da empresa com direito a nome e foto. Agora, os clientes fazem fotos ao lado de Buco e o simpático cãozinho começa a aparecer também nas redes sociais.


Roberta Torres, proprietária da rede, explica que Pernambuco apareceu há cerca de sete anos, quando perambulava pelas ruas próximas a uma das unidades da rede de postos, na região do aeroporto da cidade. Foi resgatado, tratado e adotado por funcionários.

Roberta explica que funcionários e clientes são solidários no trato do Pernambuco, seja com a doação de ração, cuidados veterinários ou consultas e vacinas, que estão sempre em dia.


E ele tem muitos amigos, um exemplo disso é que quando Pernambuco foi atacado por um cão de grande porte e precisou de uma cirurgia de alto custo, por isso funcionários e clientes “fizeram fila” para bancar o procedimento.

Duas casas

Pernambuco frequenta duas das unidades da rede de postos, distantes cerca de 500 metros uma da outra, e a rotina que mantém há anos.

Logo pela manhã, ele deixa o posto localizado ao lado do aeroporto, onde gosta de dormir, e segue para a outra unidade onde passa o dia.

Ao chegar no segundo poste, o cão sobe uma escadaria e vai ao setor administrativo da rede. Como um típico “gerente”, passa de mesa em mesa e depois desce para o pátio onde ficam as bombas, seu local preferido. Lá, também costuma acompanhar o descarregamento dos caminhões de combustíveis.


“Nem precisa de cartão de ponto, ele nunca perde o horário. Ele é especial e traz alegria para todos nós aqui”, diverte-se a empresária.

Roberta explica que Pernambuco merece o crachá que ganhou porque reconhece a rede de posto da qual é “funcionário”. Isso porque ele apareceu na unidade que fica ao lado do aeroporto e foi sozinho para a outra, onde passa o dia, sem que ninguém o levasse. No caminho há um outro posto, de uma outra rede, mas lá ele nunca parou.

A ligação de Buco com os clientes é tão próxima que alguns até dão carona ao cão em seu trajeto diário. Para isso, basta o motorista abrir a porta do carro que Pernambuco já entra – ele sabe que essa é a senha para uma carona.

Amigo fiel

Pernambuco tem muitos amigos e é querido por todos que frequentam os postos da rede, mas com um deles a relação é especial.

Sidnei Rodrigues da Luz, o Nei, tem 46 anos, 25 deles dedicado à função de frentista no posto onde Buco é o “gerente”. O cão é a principal companhia dele durante o horário de trabalho há sete anos.

“Ele é um bom gerente de pista, à noite ainda cuida do posto, todos aqui gostam dele. E tudo o que ele pede em troca é só o carinho que a gente dá. É um ótimo companheiro, um verdadeiro amigo fiel”, diz o frentista.

Fonte: G1
 

Copyright © 2018 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários