Se conecte com a gente

Tecnologia

Facebook desiste e encerra projeto para atrair e reter usuários jovens na plataforma

Campus era uma seção voltada a estudantes na plataforma.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

Se você ainda não faz a menor ideia do que está acontecendo, é melhor saber: o Facebook está ficando velho. E não só velho no sentido de ter mais anos de vida e existência, como também velho para os mais jovens. Está ficando cada vez mais difícil, mesmo com o Instagram, a concorrência com outras redes como Twitter e TikTok.

Tentando sobreviver em meio a forte queda no número de usuários mais jovens, a rede social tentou lutar, e criou mais um aplicativo. Na verdade, era mais uma seção dentro do próprio aplicativo Facebook, voltada para estudantes universitários. O problema, é que de acordo com informações do portal The Verge, menos de dois anos após seu lançamento, a iniciativa foi encerrada.

O Facebook desistiu de continuar com o projeto onde usuários de um campus universitário, poderiam acessar um feed de notícias especial, além de participar de grupos, eventos e salas de chat com foco na vida universitária. No projeto, os usuários ainda poderiam encontrar e fazer amizade com outros alunos.

Mark Zuckerberg, o cofundador do Facebook.

Em um comunicado enviado por email ao The Verge, Leah Luchetti, porta-voz da rede social, disse que estava de fato encerrando o piloto do projeto que era conhecido como Facebook Campus.

“Aprendemos muito sobre as melhores formas de apoiar estudantes universitários e uma das ferramentas mais eficazes para ajudar a uni-los são os Grupos do Facebook. Notificamos os alunos nas escolas de teste de que o Campus não estará mais disponível e sugerimos grupos relevantes do Facebook da faculdade para eles participarem”, afirmou Luchetti.

O porta-voz da rede social acrescentou ainda que todos os perfis, postagens, eventos, grupos e outros conteúdos do Campus seriam excluídos de forma permanente. Os usuários que tinham acesso, podem baixar os dados do Campus até o dia 10 de março, quando a seção ficará indisponível. O desligamento do aplicativo foi notificado aos usuários por meio de uma mensagem.

Lançado em 2020, o Campus foi testado pela primeira vez com 30 escolas dos Estados Unidos, onde cada uma isolada, permitia que os usuários interagissem apenas com outros alunos em sua escola. O Campus foi isolado do aplicativo principal do Facebook, permitindo que os usuários tivessem perfis do Campus separados de seus perfis principais do Facebook. A iniciativa acabou sendo expandida pelo Facebook para incluir 60 universidades, e planejava adicionar mais instituições em janeiro.

Facebook, a rede social que tem como CEO Mark Zuckerberg.

O próprio Facebook, para quem não se lembra, foi criado dentro de um campus universitário. Contudo, após longos anos de ascenção, veio a queda: agora, a rede social tem lutado para atrair e reter usuários mais jovens.

Segundo o The Verge, memorandos internos vazados no ano passado mostraram que o número de usuários adolescentes do principal aplicativo “big blue” diminuiu 13% desde 2019, com esse número provavelmente continuando em declínio. A pesquisa da empresa também mostrou que os usuários mais jovens se envolveram com muito menos frequência com o aplicativo do que os mais velhos.

Publicidade
Publicidade

Em Alta