Se conecte com a gente

Games

Exclusivos no PlayStation se tornarão mais escassos com aquisição da Bungie pela Sony

Declaração dada por Kenichiro Yoshida, CEO da Sony, reforça planos da empresa se tornar multiplataforma.

Publicado

no

Foto: Reprodução/Google

Uma declaração dada por Kenichiro Yoshida, na última quarta (18), em uma reunião de estratégia corporativa, ganhou repercussão na imprensa. O CEO da Sony deu mais uma confirmação de que o PlayStation terá cada vez menos exclusivos a partir da aquisição da Bungie.

De acordo com informações do portal VideoGamesChronicle, Yoshida afirmou que a aquisição da produtora representa um passo grande em direção ao lançamento de mais jogos multiplataformas.

“Acreditamos que será um catalisador para aprimorar nossos recursos de serviços de jogos ao vivo. Nossa aquisição da Bungie também representa um grande passo para nos tornarmos mais multiplataforma”, afirmou.

Isso significa que a empresa está caminhando para se desfazer daquilo que sempre vendeu como seu diferencial.

Yoshida discutiu a aquisição da Bungie durante a reunião de estratégia corporativa da Sony.

Ainda segundo o VGC, outras declarações dadas por executivos da Sony reforçaram a ideia de que jogos se tornarão cada vez mais multiplataforma. Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment, confirmou que a PlayStation traria “toda uma lista” de jogos para PC. Além disso, a empresa contratou o ex-chefe de conteúdo da Apple Arcade buscando adaptar suas “franquias mais populares” para dispositivos móveis.

A transação de compra da Bungie no valor de US$ 3,6 bi, será concluída em dezembro deste ano, caso se confirme a previsão. A parir de então, em 2023, a empresa que hoje trabalha apenas com Destiny se tornará oficialmente uma subsidiária da japonesa.

Cabe lembrar ainda, que no momento do anúncio do acordo, a Bungie também disse que os jogos existentes e futuros atualmente em desenvolvimento não serão exclusivos das plataformas PlayStation após a aquisição.

Publicidade
Publicidade

Em Alta