15/11/2016

Se o Brasil está em crise, por que o governo não imprime mais dinheiro e acaba com o problema?

Dinheiro, a primeira coisa que você pensa quando precisa pagar algo que deve. Tendo em vista que vemos a todo momento notícias dizendo que o governo está endividado, você logo deve pensar em dinheiro como forma de resolver esse problema.

Hoje em dia, estamos vivendo tempos de crise, não só no Brasil, como também em outros países do mundo e logo você deve imaginar que o dinheiro também é a solução para acabar com a fome, com a miséria, entre tantos outros problemas que assolam a humanidade. Mas hoje decidimos explicar de uma vez por todas para você, o porquê de dinheiro não ser riqueza e porque imprimir mais dinheiro não iria melhorar a situação de crise no Brasil (ou em qualquer lugar que seja). As pessoas geralmente tem essa concepção básica de que dinheiro é riqueza, só que na real não é bem assim.

Dinheiro é uma moeda de troca, ou seja, algo que você vai trocar por outra coisa. Dinheiro em si (papel ou moeda) não te sustenta, não te dá casa, não te dá comida, não faz absolutamente nada. Ele só te permite trocar por outras coisas.


Você talvez pode perguntar: "Mas se eu ganhar mais dinheiro quer dizer que eu estou mais rico?" A resposta é... Não! Quer dizer apenas que você tem acesso a mais coisas.

É fácil você entender isso pensando na Espanha. Vamos lembrar de quando eles roubavam na época da colônia, todo o ouro das regiões que eles estavam colonizando aqui na América Latina. Eram baus gigantescos de ouro.

O rei espanhol, tinha uma pilha enorme de ouro. Ele era rico por conta disso? Não necessariamente, porque naquela época todos faziam suas necessidades em um buraco, não tinha um ar condicionado e a expectativa de vida era horrível. Eles não eram ricos, eles só tinham uma pilha de ouro que não servia para muita coisa.

Ouro não se come

Você pode ter pilhas e mais pilhas de ouro, ou mesmo uma montanha de cédulas de papel e ainda assim continuar com fome se ninguém produzir nada para você comer, afinal de contas, ouro não se come e muito menos as cédulas de papel.


Mas afinal, o que é riqueza então?

Apesar de não ter toda aquela pilha de ouro que os reis da Espanha tinham, você tem um estilo de vida hoje que é consideravelmente melhor do que o estilo de vida deles. Isso porque hoje a economia onde a gente vive, faz muito mais coisas úteis, coisas que reduzem os seus incômodos, seus sofrimentos, atendem aos seus interesses pessoais e você tem acesso a elas por um preço muito menor.

Você conseguiria produzir um ar condicionado em 1600? Não! Porque a indústria não existia, a tecnologia não estava lá, ninguém tinha criado nada disso. A pilha de ouro que o rei tinha, não iria se transformar magicamente em alguma coisa útil.

Ter moeda (seja ouro, seja papel), permite apenas que você acesse tudo o que realmente significa riqueza, ou seja, a produção de coisas uteis e se nada for produzido, as coisas não evoluírem na tecnologia, na produção e nos serviços, de nada vai adiantar. 

Ostentação fora do normal na Venezuela

Imagine que você tem hoje na conta bancaria, cerca de 10 bilhões de bolívares e está na Venezuela. Para comprar comida, você simplesmente vai ter que entrar numa fila de 6 horas e isso não significa estar rico. 


Agora aqui no Brasil, se você tem só R$ 50, você almoça e ainda sobra um dinheiro para fazer algumas coisas. Você pode passar muito bem um dia ou alguns dias com R$ 50, porque a gente tem uma economia muito mais rica e avançada tecnologicamente, que consegue reduzir o preço de um almoço a R$ 5 (dependendo de onde você está), por um prato honesto de comida.

Riqueza não é dinheiro, riqueza é estar num país, ou em uma economia, onde você tem alta variedade de coisas, que existem só para reduzir os seus sofrimentos, que só que servem só para agradar aquilo que você quer e você tem acesso a isso.

Só imprimir dinheiro não gera riqueza e agora que você já leu tudo que foi explanado acima, isso ficou meio obvio.

Isso por que riqueza também são essas coisas que você pode comprar. É a variedade de coisas que você tem no mercado, são os 85 tipos de biscoitos diferentes ali te aguardando para você escolher exatamente aquele que você quiser.

O "mundo ideal" se mais dinheiro fosse colocado em circulação

Se você colocar mais dinheiro, coisas novas foram produzidas? Não.

A tecnologia avançou? Não.

O preço das coisas aumentou? Sim aumentou, já que agora tem mais moeda, então quem vende, sabe que pode cobrar mais caro, porque todo mundo agora tem dinheiro para pagar.

Alguma coisa nova foi feita? Não.

A vida das pessoas melhorou? Bom, elas puderam comprar algumas coisas e dai os preços subiram de novo, todos os salários corrigiram e elas voltaram para o lugar onde elas estavam anteriormente, talvez com algumas dívidas. Só isso e mais nada.

O mundo ideal se o dinheiro parasse de ser produzido, porém mais coisas fossem feitas

Imagine a sacada genial pensada por uma pessoa: Como que a gente consegue fornecer serviços odontológicos 10% mais barato do que a concorrência? Se a gente conseguir fazer isso, a gente está oferecendo um serviço para pessoas que é melhor e mais barato, que significa que elas precisam gastar menos cédulas de dinheiro para acessar esse serviço e como todos os meus concorrentes vão me copiar na mesma hora que perceberem o que eu tô fazendo, vai ter muito mais variedade desse serviço e quer dizer que a população enriqueceu, porque eu dentista consegui inventar uma tecnologia que e uma máquina que o dentista usa, que é mais barato e que ele consegue repassar baixando a tarefa dele!

Isso é riqueza, papel não te enriquece.

Exercício 

Se mesmo depois dessa nossa explicação, ficou ainda muito difícil entender porque dinheiro não e riqueza, temos um exercício fácil pra você, que basicamente é um resumo de toda nossa explicação.

Suponha que você esta mais uma vez na Venezuela e tenha 1 bilhão de bolívares, você se consideraria rico tendo que comprar algo no supermercado da foto abaixo?

Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2017 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários