17/03/2018

10 fotos de fatos que mostram que o herói de todos os dias veste farda

São eles que enfrentam o perigo e estão sempre prontos para servir e proteger a população. Combatendo o crime e até mesmo em algumas vezes, salvando a vida de pessoas que estão em perigo, em todo o Brasil, policiais vestem a farda e definitivamente nos enchem de orgulho por tamanha dedicação em um trabalho que é considerado um verdadeiro "sacerdócio". 


Na matéria especial de hoje, você vai ver que definitivamente quem veste farda, são os heróis: os policiais.

O soldado que salvou a vida de uma vítima de afogamento


Com três meses de Polícia Militar, o soldado Haley Handroskowy se deparou com uma situação de risco no primeiro dia do ano de 2018, quando viu um rapaz se afogando, na Praia de Iracema. Prestando serviço pelo Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), ele percebeu que não havia tempo para retirar o fardamento e entrou na água de roupa e coturno. Haley comenta que foi gratificante salvar a vida do rapaz e que mesmo se estivesse de folga a ação seria a mesma. "Entrei na Polícia Militar para proteger pessoas", disse. 

"A gente estava fazendo abordagens na orla e dando apoio aos turistas e quando estávamos saindo da Beira Mar para subir o calçadão, a gente viu o pedido de socorro dos amigos da vítima. Tirei o colete e o cinto de guarnição com o armamento e a algema e dei para o meu colega. Adentrei no mar e senti que quando o uniforme começou a enxarcar pesou, ainda ia voltar, mas vi que ele já estava perdendo as forças, então fui para cima para salvar o cara", relatou.

Conforme Haley, o rapaz não conseguia mais falar e ele o colocou nas costas. "Na hora em que coloquei ele nas costas, ele vomitou no meu pescoço e percebi que a partir dali ele ia voltar a respirar. Orientei que ele começasse a bater as pernas", disse.

De acordo com o PM, foram realizados os primeiros socorros. "Limpei as vias áereas e tinha um segundo rapaz que estava mais longe, mas esse o bote salva-vidas da Guarda Municipal (de Fortaleza) resgatou", informou. 

Quando tudo terminou a vítima do afogamento agradeceu e os curiosos que estavam acompanhando a situação começaram a aplaudir. "Minha ideia era de salvar a vida dele, mas gerou essa repercussão", disse. 

A vítima do afogamento ganhou um presente no primeiro dia do ano, que foi ter a vida salva. "Se eu não fosse Polícia ou se eu não estivesse uniformizado minha ação seria a mesma. Mesmo que eu estivesse de folga teria adentrado. É muito gratificante", relatou. 

Para o policial, a ideia de entrar na Polícia Militar veio do desejo de proteger as pessoas e o estado do Ceará. "Eu já era empregado, tinha minha fonte de renda, mas queria proteger a nossa terra".

Não inimigos. Mais do que isso, heróis e amigos


Na foto acima, estão as crianças acompanhadas dos policiais Monção e Tabone da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul. De acordo com o soldado Tabone, a guarnição se deslocava pelas ruas do bairro quando avistaram um grupo de crianças brincando em um terreno baldio, e no momento que perceberam a aproximação da viatura algumas saíram correndo com medo da policia enquanto outras ficaram observando curiosas a movimentação dos soldados.

Assim que perceberam o que estava acontecendo os policiais decidiram descer da viatura e dar atenção aos pequenos, que brincaram e fizeram diversas perguntas aos militares, e aos poucos as crianças que haviam fugido com medo dos policiais, se aproximaram da guarnição e se uniram na brincadeira.

Um idoso salvo por heróis... que vestem farda


A viatura com os militares sargento Mâncio, soldado Michelly e soldado Bontempo, estavam se deslocando para jantar quando ao passarem pela quadra 43 do setor 2, foram acionados por um homem que dizia que seu vizinho, um senhor de 75 anos, estava a mais ou menos 3 dias desaparecido e que as portas da residência do mesmo estavam todas fechadas. Com as informações na mão, os policiais resolveram pular o muro da residência e conseguiram adentrarem na sala, onde o idoso de 75 anos, foi encontrado caído e quase desfalecido. Segundo a polícia, o mesmo havia passado mal, não conseguiu pedir socorro e ficou ali sem poder se mexer.

Os policiais imediatamente começaram os procedimentos de primeiros socorros a vítima, e logo em seguida acionaram uma equipe do SAMU, que rapidamente chegou ao local e conduziram o idoso até o hospital municipal onde recebeu o atendimento.

Os vizinhos do idoso ficaram emocionados com o resgate do senhor e agradeceram o trabalho dos policiais, afirmando que se não fosse a ação desses heróis, talvez o homem não teria sobrevivido.

O herói que salvou uma bebê de 3 meses


Esse bebê da foto, que na época tinha três meses, estava no colo da mãe, chegou a desmaiar e precisou de atendimento no local do acidente entre um ônibus e um carro, que deixou quatro pessoas da mesma família feridos em 2012 na zona norte do Rio de Janeiro, na avenida Martin Luther King. 

Um policial militar, que fazia o patrulhamento nas proximidades, salvou a criança, uma menina, e socorreu a família, que foi encaminhada para o Hospital Souza Aguiar, no centro. A família voltava do enterro do analista de sistemas Amaro Tavares da Silva, de 40 anos, morto no desabamento de três prédios no centro do Rio na noite da última quarta-feira.

Um aspirante a oficial, que mais uma vez foi herói


O aspirante a oficial da PM Agdan Miranda Fernandes e outro PM demonstraram que o poder de polícia é, acima de tudo, a capacidade de pacificar, de proteger e servir. Os policiais simplesmente pararam tudo para resgatar um bebê de cinco meses que fora abandonado por um homem, que seria o pai da criança, no Terminal Rodoviário Mariano Procópio, na Praça Mauá, Centro do Rio. 

O homem foi detido para dar explicações na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Decav). O bom exemplo desses policiais mostra mais uma vez que o herói veste farda.

Idosa salva por heróis de farda em SC


Servir e proteger é a missão, e diariamente os policiais militares catarinenses atuam com garra e coragem para cumprir o que significa essas palavras, mesmo que para isso tenham que colocar a própria vida em risco. E não foi diferente, quando dois policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Chapecó, em serviço na Operação Veraneio 2016/2017, em Florianópolis, salvaram a vida de uma idosa durante um incêndio na Lagoa da Conceição.

Ao ser acionada, a guarnição composta pelos soldados Rafael Dopke e Tiago Martins deslocou para atender a uma ocorrência de incêndio, com grande risco de explosão. De acordo com informações, uma idosa de 85 anos estaria no segundo andar da casa.

Os policiais militares não pensaram no perigo, entraram na residência em chamas e seguiram até o segundo piso, onde encontraram Valdiria Alexandre Alves, com problemas de saúde, que não conseguia sair do local. No primeiro andar da casa, um botijão de gás corria o risco de explodir, e os policiais tiveram que agir rápido.

Mesmo com muita dificuldade, em razão da escada da casa ser em formato caracol, os policiais conseguiram, com auxilio de outra guarnição, socorrer a idosa, que recebeu atendimento médico e graças a esses heróis, sobreviveu.

Uma bebê salva por heróis da PMESP


Policiais militares do 7º BPM/I, em operação saturação, equipes de Rocam o 1º Sgt PM Canzano e cabos PM Simão, Sidney e Penha, foram solicitados por populares onde informaram que pela Av. Chico Xavier no bairro de habiteto  zona norte de Sorocaba, havia uma bebezinha engasgada.

De acordo com o Centro de Comunicação da PMESP, a equipe prontamente foi até o local onde encontraram a bebê já desfalecida. Realizado procedimento de primeiro socorros, a equipe obteve êxito em restabelecer a consciência da bebê Eloa dos Santos Costa.

Depois do pronto atendimento, com o apoio do Comando de Força Tática a pequena Eloa foi socorrida ao PA norte onde permaneceu sob cuidados médicos e agora vive graças a esses heróis, que mais uma vez mostraram que o herói veste farda.

Heróis de farda do 21º batalhão de Florianópolis


"Ele foi o nosso herói, porque se tivesse esperado o socorro, não teria dado tempo. Merece subir de patente", disse a mãe da criança de 5 anos que foi salva pelo soldado de 26 anos Alex da Silva, do 21º batalhão de Florianópolis.

Uma tampa de caneta esferográfica foi o equipamento que Alex utilizou para salvar a vida da menina. De acordo com a Polícia Militar, a viatura que realizava o policiamento na rua Caminho dos Açores foi parada por uma senhora que gritava por socorro. Ela entregou a Marina, que estava desfalecida, com a pele pálida, olhos virados e lábios roxos nos braços do policial. Alex colocou a criança no chão e verificou os sinais vitais dela. Em seguida, pediu para que o soldado Leandro, colega da viatura, solicitasse apoio do Samu e dos bombeiros.

Eu não sabia se ela tinha caído um tombo, levado uma mordida de uma cobra ou engolido algum objeto. No momento que eu coloquei a mão perto da garganta para sentir os sinais vitais, eu vi que ela possuía uma traqueostomia na garganta. E tava toda obstruída por catarro ou pus. Nesse momento, eu coloquei minhas luvas descartáveis, e eu tinha uma caneta BIC. Eu tirei a tampa dessa caneta e comecei a limpar esse tubo.

Depois da manobra, a criança seguiu sem os batimentos e Alex começou a massagem cardíaca. Foi quando a criança voltou a respirar. Em seguida, chegou a ambulância do Samu, e o médico Adriano Meira Oliveira assumiu a ocorrência. Ele parabenizou os policias e disse que sem a manobra a criança não teria resistido. A ambulância levou Marina até o hospital infantil Joana de Gusmão. 

O soldado nunca tinha feito essa operação.

"Eu só tive instrução de atendimento pré-hospitalar no curso de formação de soldados pela PM em 2014. Nem eu nem meu parceiro temos cursos de primeiros socorros, enfermagem nem nada. Foi a primeira vez. Foi deus que agiu. O anjo da guarda dela que estava do nosso lado."

20 vidas salvas em Samambaia, DF por um herói que veste farda


O policial que você na foto acima chama-se Heitor Theodoro da Silva, ele pega no colo uma das 20 pessoas que salvou de um incêndio em Samambaia no Distrito Federal: uma garotinha de 3 anos. 

De acordo com a PM, a equipe do militar fazia ronda no local durante a madrugada desta quarta-feira (10), quando viu o edifício em chamas. Os moradores foram resgatados e ninguém ficou gravemente ferido.

Segundo informações dos bombeiros, ainda que o incêndio tenha sido contido em poucos minutos, se o policial não tivesse agido, possivelmente “as pessoas teriam inalado maior quantidade de fumaça e sofreriam consequências mais graves”.

No vídeo divulgado pela PM, o policial arrombou o portão de ferro da entrada do prédio e começou a avisar os moradores do que estava acontecendo. Theodoro contou que muitos estavam dormindo e não perceberam a fumaça.

Confira o vídeo com as imagens juntamente com o relato do policial e das vidas que ele salvou:


Os policiais que salvaram a vida de um bebê e a policial que ainda o amamentou depois do resgate


Os policiais faziam ronda em São Paulo quando foram acionados por uma pessoa que percebeu que a mãe jogaria o bebê, de apenas dois meses, no córrego. Um dos policiais saltou antes de o bebê cair e salvou sua vida.

Confira a reportagem:

Se você viu algum erro ou quer adicionar alguma informação ao nosso artigo, clique aqui

Os comentários postados a seguir, são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores e não representam a opinião particular de nenhum integrante da Curiozone. Como uma forma de ser mais acessível a todos, nosso site usa a plataforma de comentários do facebook. Dessa forma, se você se sentiu ofendido com qualquer comentário postado, fica muito mais prático e rápido denuncia-lo ao próprio facebook clicando aqui. O sigilo é 100% garantido e sua denúncia sempre será anônima.
 
Copyright © 2018 Curiozone // Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas de seus respectivos proprietários