Se conecte com a gente

Bizarrices

Mulher se apaixona por robô e luta pela legalização do casamento entre humanos e robôs na França

A mulher se descreve como uma “robosexual” e diz sentir-se atraída unicamente por máquinas

Publicado

no

Uma mulher francesa Lilly decidiu, no ano passado, comprar um robô chamado InMoovator. Só que se engana aquele que pensa que ela queria o moderno produto para ajudar nas tarefas de casa. Essa mulher está perdidamente apaixonada pelo robô e o considera seu noivo. “Estou completamente feliz. Nossa relação só melhora confirme a tecnologia evolui”, contou ao portal de notícias news.com.au.

A mulher se descreve como uma “robosexual” e diz sentir-se atraída unicamente por máquinas. “Eu não gosto de contato físico com pele humana”. Lily não revela se tem relações sexuais com o InMoovator, mas espera que o casamento entre humanos e robôs seja legalizado na França -o que, segundo o especialista em robôs, David Levy, pode acontecer somente em 2050.

Isso realmente é uma hipótese verdadeira?

Ao falar em uma conferência sobre o assunto, realizada em Londres no início de dezembro, David Levy disse para uma sala cheia de acadêmicos, que o avanço na tecnologia da inteligência artificial significa que os robôs podem se tornar parceiros “extremamente atraentes” nas próximas décadas.

“O futuro tem o hábito de rir de você. Se você acha que amor e sexo com robôs não acontecerão na sua vida, acho que você está bem equivocado”.

“Os primeiros casamentos humano-robô terão lugar ao redor do ano 2050 ou mais cedo, mas não mais tempo que isso”, disse Levy.

A conferência explorou uma série de questões sobre o assunto, incluindo tudo a respeito do que os robôs devem fazer com a possibilidade de “aprender” sobre preferências sexuais e até mesmo transmitir informações de volta às empresas que estão por trás delas.

O professor de informática da Universidade de Londres, Adrian David Cheok, disse acreditar que os robôs não só se tornarão comuns, mas muito mais atraentes para muitas pessoas.

E você, o que achou disso? Experimentaria uma relação com um robô? Toda forma de amor é válida Deixe sua opinião nos comentários, a gente quer saber.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta