Se conecte com a gente

Aconteceu

Menino de 9 anos foge de casa, embarca em avião e viaja sozinho de Manaus a Guarulhos

Publicado

no

Esse garoto queria se aventurar, mas acabou embarcando em altas confusões. E não, essa não é a chamada de mais um filme da ‘Sessão da Tarde’. Embora o caso de Emanuel Marques de Oliveira, de 9 anos renda um bom roteiro de filme de aventura, a história que ele protagonizou, é surpreendentemente verdadeira.

De acordo com informações do portal G1, Emanuel foi dado como desaparecido na manhã de sábado (26), e foi no fim do dia que a mãe havia descoberto que ele tinha ido parar na cidade de Guarulhos, em São Paulo.

A criança embarcou sem absolutamente ninguém num voo da Latam, que saiu do Aeroporto de Manaus com destino ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. O menino não tinha sequer passagem aérea, documentos e nem mesmo malas, mas consultado pela reportagem, o garoto contou como fez o percurso e conseguiu embarcar.

Menino de 9 anos embarcou, sozinho, em aeronave da Latam.

A companhia aérea e a empresa administradora do aeroporto de Manaus informaram que estão investigando como o menino conseguiu viajar. A Polícia Civil solicitou imagens das câmeras de segurança e também apura a situação.

Em nota, a Polícia Civil informou que a criança agiu sem a ajuda de adultos, e, antes de partir, realizou pesquisas na internet de “como entrar em um avião despercebido”.

O órgão também disse que a criança não tem histórico de violência familiar e, durante oitivas, declarou que o motivo da viagem seria o desejo de morar em São Paulo, com outros familiares.

A mãe contou que Emanuel explicou os detalhes da viagem sozinho de avião para outro estado, sem documentação e nem bilhete de embarque.

“Ele me disse que pegou alguns ônibus aleatórios aqui de casa [no bairro Tarumã-Açu] até chegar no aeroporto. Depois olhou no painel o horário dos voos, e entrou em um deles. O meu filho passou por três vistorias sem que alguém notasse que ele estava sozinho, sem documentação nem bilhete de embarque”, disse Daniele.

A mãe diz que jamais passava pela sua cabeça que o filho pudesse ter viajado sozinho de avião, ao perceber que ele não estava em casa, e que fica pensando como uma criança é capaz de passar por um sistema de aeroporto, conhecido por ser extremamente burocrático: “Por isso eu quero uma resposta da companhia aérea e do aeroporto sobre como o meu filho conseguiu embarcar sozinho”, concluiu Daniele.

Aeroporto de Manaus.

Em nota, a Latam diz ter acionado a Polícia Federal e o Conselho Tutelar no momento em que identificou que o menor estava sozinho no voo. Emanuel, segundo a companhia aérea, foi encaminhado para um abrigo para aguardar os trâmites necessários até a recondução dele para Manaus.

A empresa não deu mais detalhes, e informou que ainda está apurando o ocorrido.

Já o Aeroporto Internacional de Manaus alegou que o caso está sob apuração interna, bem como a verificação dos registros das câmeras de segurança, e disse ainda que “preza pela segurança de todos e segue os procedimentos e normas de segurança da aviação civil”.

A família já foi ouvida, e a criança encontra-se sob a tutela dos pais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta