Se conecte com a gente

Aconteceu

Ana Maria Braga diz que pautas LGBTQIA+ derrubam audiência do Mais Você: “Não aceitam”

Publicado

no

A partir da próxima segunda (04), Ana Maria Braga ocupará o centro das manhãs da Globo. No ar com o ‘Mais Você’ desde outubro de 1999 quando saiu da Record, a apresentadora já fez diversas alterações no formato de seu programa, sendo que hoje em dia, fala sobre pautas de atualidades. E sem nenhum tipo de tema proibido.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, a apresentadora, no entanto, afirmou que determinadas pautas acabam fazendo com que seu programa perca audiência. É o caso da defesa dos LGBTs.

Segundo a apresentadora, o IBOPE de seu programa não se sustenta no momento em que ela passa a abordar esse tipo de assunto.

“Você não faz ideia do número de brasileiros, independentemente da classe social, que não aceitam a liberdade sexual de cada um. É por isso que digo para minha produção que o Brasil não é São Paulo e Rio de Janeiro”, disse à Folha.

A paulista, de 73 anos, contudo, declara que não pode deixar de se posicionar mesmo com a problemática. Para Ana Maria, há “coisas que não dá para deixar de falar”, e que não tenta impor nada, apenas sugere uma perspectiva com mais empatia: “Preciso me posicionar diante de questões que acredito que tornam o país melhor. Não tento impor nada, mas sugiro um olhar diferente, com mais empatia”, declarou.

Apresentadora Ana Maria Braga.

A Globo vai promover mudanças em sua programação matinal a partir do dia 4 de julho. O Encontro, após a saída de Fátima Bernardes, será com o comando de Patrícia Poeta e Manoel Soares, passando a ser exibido no lugar do Mais Você, e a atração de Ana Maria Braga poderá ser assistida logo na sequência, no horário do Encontro.

Segundo a emissora, foram feitos estudos sobre comportamento dos telespectadores. O entendimento é que o mais interessante é juntar o Encontro com o Bom Dia Brasil para que possa, em algumas ocasiões, continuar repercutindo temas importantes do jornalismo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta