Se conecte com a gente

Curiosidades

As 7 pessoas que tem as chaves com o poder de “desligar” a internet

Os sete guardiões tem a chave mestra da internet e são subordinados ao governo dos EUA

Publicado

no

Foto: Reprodução/Mundo Estranho

Não você não leu errado o título. Existem, de fato, sete pessoas com a chave-mestra da internet de todo o planeta. Elas abrem um cofre que contém cartões digitais, os quais, juntos, criam uma espécie de “chave-mestra” capaz de reiniciar o sistema DNS, que é o mecanismo essencial na navegação da internet em todo o planeta. Parece até coisa de filme, não? Essas chaves são gerenciadas pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), uma empresa sem fins lucrativos subordinada ao governo dos EUA, empresa essa responsável pelo sistema DNS.

Apesar do termo popular ser “sete chaves da internet”, de acordo com a reportagem do jornal The Guardian, na verdade elas são 14 e quem as tem são sete guardiões titulares e sete suplentes. Anualmente, os suplentes devem enviar uma selfie ao lado de um jornal do dia e da chave de segurança ao ICANN para confirmar que tudo está em segurança. Além disso, os detentores das chaves se reúnem com o objetivo de renová-las.

Tradução de endereço

Para você entender melhor, funciona basicamente da forma como você chegou até aqui. Pra acessar o site da Curiozone por exemplo, você digita o domínio curiozone.com.br certo? Isso só é possível graças ao sistema DNS (Domain Name System), que traduz o nome do site em palavra letra por letra para o nosso endereço real, que é um endereço IP. Esse endereço IP é uma sequência de números e você definitivamente não iria querer decorar todas as sequências de números necessários para entrar em cada site que você acessa.

O problema

O sistema DNS vive sendo alvo de ataques de pessoas que, no mundo todo, tentam subverter essa tradução. Esse é o grande problema do sistema DNS. Um exemplo clássico disso, é quando um hacker faz um ataque e você, ao digitar o endereço de um site, logo é redirecionado para outro, muitas vezes sem nem perceber e, nessa página fake, você acaba introduzindo dados que podem ser usados de uma forma mal intencionada.

A equipe unida para salvar

As sete chaves abrem um cofre, onde estão sete cartões que são passados em uma máquina. Assim, dessa forma, uma chave criptográfica é gerada, capaz de zerar o sistema DNS (e, portanto, a internet) em caso de um ataque. A chave fica em posse de um mebro do ICANN.

Os 7 poderosos

Esses guardiões trabalham para institutos internacionais. Além do conhecimento na área, sua escolha é baseada na localização, já que devem estar espalhados pelo mundo. Quatro vezes (que ninguém nunca sabe quando é) ao ano, eles se encontram para atualizar a chave criptográfica. Duas vezes na costa leste e duas na costa oeste dos EUA, já que há um cofre em cada lugar.

Para poder participar do ritual, o guardião deve adentrar uma série de portas trancadas que envolvem uma série de procedimentos de segurança, como scanners de mãos e diversos códigos. O procedimento acontece em uma sala que é monitorada por câmeras e não oferece qualquer tipo de comunicação com o mundo exterior.

Depois que o novo código é gerado, cada um dos membros sai da sala sozinho. Mais tarde, eles se reúnem em um restaurante e comemoram a tarefa realizada com sucesso.

Confira abaixo como é feito o ritual das chaves:

Publicidade
1 Comentário

1 Comentário

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta