Se conecte com a gente

Aconteceu

Estudante faz “pesquisa eleitoral” dentro da própria escola e vídeo viraliza nas redes sociais

Publicado

no

Esse ano é mais um daqueles em que as eleições fazem parte da pauta de praticamente todo o noticiário, mesmo antes delas começarem. Agora, em 2022, no entanto, uma mobilização inédita parece tomar conta do país. De acordo com a Justiça Eleitoral, somente 371 mil jovens de 16 a 17 anos estavam cadastrados para votar até fevereiro de 2022, o número mais baixo desde 1992.

Com isso, Anitta a Pabllo Vittar, passando por Felipe Neto, diversos influenciadores pediram para que adolescentes tirassem seu título.

A rede de fastfood Burger King, também conclamou os jovens, em um comercial, para que tirem o título de eleitor.

Pelo que se observa, há uma grande movimentação em cima de jovens, que pela lei, não são obrigados a votar. Todos, de norte a sul do Brasil estão sendo conclamados e incentivados a tirarem seu título de eleitor. E de acordo com o TSE, a mobilização tem dado frutos: segundo o órgão, milhares de jovens de 15 a 18 anos tiraram seu título na chamada ‘Semana do Jovem Eleitor’.

Institutos de pesquisa como o Datafolha, começam a fazer pesquisas entre essa galera. Contudo, ainda há quem queira saber em quem os “eleitores mirins” estarão escolhendo para estar a frente do Brasil nos próximos 4 anos.

O estudante Guilherme Tadiotto, que fez 17 anos esse ano, decidiu tirar a dúvida de muita gente para saber, em quem de fato os jovens que têm título irão votar para presidente, ou pelo menos, preferem, em sua escola. No vídeo de Guilherme tem de todas as preferências: desde quem vai votar em Branco, até quem vai votar em João Dória e no Bolsonaro.

O vídeo do jovem, que não esconde de ninguém sua preferência, em menos de 24 horas já alcançou mais de meio milhão de visualizações. Confira:

@tadiotto_ deu a lógica #fy #fyp #bolsonaro #eleicoes2022 #lula #bolsonaro2022 ♬ som original – Guilherme Tadiotto

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Alta