Se conecte com a gente

Tecnologia

Facebook não toma providências necessárias contra praticantes de bullying, revela investigação

Apesar de rede social dizer que não tolera, empresa tem sido leniente com casos

Publicado

no

Durante seis meses a atividade de pessoas que publicam ofensas racistas, fazem apologia ao suicídio e violência sexual no Facebook, foi monitorada por uma rede de TV americana. Uma reportagem do Jornal da Record divulgou a notícia.

Apesar de a empresa sempre dizer que não tolera esse tipo de atitude, muitas dessas pessoas não foram punidas com a expulsão e em alguns casos, os usuários voltaram, depois de serem afastadas por 30 dias.

Um porta-voz do Facebook disse que a empresa está investigando o caso.

MC Gui praticou bullying e não teve punição

Recentemente a internet inteira viu o funkeiro MC Gui se justificando depois de ter praticado bullying contra uma menina com câncer na Disney. Guilherme Kaue, de 21 anos, que divulgou o vídeo em seu Instagram, que soma mais de 7 milhões de fãs, viu seu número de seguidores crescer após o caso.

O funkeiro se justificou dizendo que não riu da menina e sim da fantasia da personagem Boo, do filme Monstros S/A, que ela estava usando.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta