Se conecte com a gente

Games

Microsoft anuncia compra da Activision Blizzard pelo valor de quase US$ 70 bi

Jogos como Call of Duty, Overwatch e Crash Bandicoot são alguns do universo que agora será do ‘Team Xbox’.

Publicado

no

Mais jogos. Uma biblioteca de títulos mais robusta e forte. É assim que ficará agora a Microsoft, após ser concluída a compra da Activision Blizzard. O anúncio feito nesta terça (18), acabou repercutindo na imprensa. Isso porque a empresa revelou que está finalizando a compra da companhia responsável por franquias gigantes como Crash Bandicoot, Call of Duty, Overwatch, Diablo entre outras. O valor total da transação será de incríveis US$ 68,7 bilhões (R$ 378 bilhões na cotação atual).

Activision lança trailer oficial de ‘Crash Bandicoot 4: It’s About Time’.

No comunicado oficial publicado em seu site, a empresa confirmou a transação dando as boas vindas para os novos jogos que entrarão em seu catálogo.

“Quando a transação for finalizada, a Microsoft será a terceira maior empresa de games do mundo em receita, atrás de Tencent e Sony. A aquisição planejada inclui franquias icônicas da Activision, Blizzard e King, como Warcraft, Diablo, Overwatch, Call of Duty e Candy Crush, além das atividades globais de esports por meio da Major League Gaming” lê a declaração da Microsoft.

A aquisição é coerente com a postura da Microsoft nos últimos anos: a empresa vem adotando métodos cada vez mais agressivos de mercado, colocando uma série de grandes estúdios em seu pacote. Até o momento, a maior dessas compras havia sido a Bethesda, que foi vendida por US$ 7,5 bilhões, um valor quase dez vezes menos que o pago pela Activision.

Call of Duty: Black Ops Cold War; jogo da Activision, empresa cujo compra foi anunciada pela Microsoft.

Com a Activision Blizzard se tornando parte da família Microsoft, o impacto no Xbox Game Pass é quase imediato. Isso porque a expectativa é que jogos como Call of Duty, Overwatch e Diablo passem a fazer parte do serviço por assinatura da Microsoft, que já possui um robusto catálogo de jogos.

Por outro lado, os “novos ares” também poderão trazer um bom recomeço para a Activision Blizzard, que estava afundada em polêmicas ligadas à cultura de trabalho tóxica na empresa, parecido com o que foi denunciado nos bastidores extremamente conturbados de The Last of Us II. Casos como a Suíte Cosby e até mesmo a troca de nome de McCree, um dos personagens de Overwatch, refletem que a situação na empresa não era das melhores há algum tempo.

Publicidade
Publicidade

Em Alta