Se conecte com a gente

Aconteceu

Garoto de 11 anos salvou vida do avô com técnicas que aprendeu jogando GTA

Em 2014, homem de 79 anos desmaiou enquanto dirigia, e neto assumiu o volante do veículo.

Publicado

no

Já faz um bom tempo que o discurso dizendo que jogos não são capazes de ensinar nada para crianças e adolescentes se tornou ultrapassado. Os inúmeros acontecimentos e fatos noticiados e documentados pelo mundo todo comprovaram que acreditar nisso é uma grande besteira.

Um dos diversos exemplos aconteceu em 2014, quando o irlandês Charley Cullen, que na época tinha 11 anos, salvou a vida de seu avô graças à técnicas que ele aprendeu no game da Rockstar: GTA.

Charley, de verde, juntamente com seu avô, Finn Cullen (o primeiro à esquerda).

De acordo com informações do jornal Zero Hora, o adolescente voltava de uma aula de teatro, até que seu avô de 79 anos, que o acompanhava, dirigindo, desmaiou com o pé no acelerador.

Grand Theft Auto V, o game eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Rockstar North e publicado pela Rockstar Games.

Com o carro atingindo a marca de 117 km/h, o menino lembrou-se rapidamente das partidas de Grand Theft Auto e passou a guiar o veículo.

A única forma de experiência que tive [em direção] foi em Grand Theft Auto. Minha maior preocupação não era com o carro, mas sim em reanimar o meu avô. Pensei ser uma brincadeira de 1º de abril [data do incidente], mas percebi que não era quando a cabeça dele caiu sobre o volante e as mãos ficaram frouxas. Tive um pouco de adrenalina correndo pelo meu corpo quando tomei a direção [do carro].

Na tentativa de salvar seu avô, Charley tomou a direção e os guiou para um local mais seguro, porém cruzando uma estrada. Para sorte da dupla, no momento da manobra feita pelo menino, nenhum carro passava pelo local.

Infelizmente nem tudo deu tão certo. Um fator agravante ocorreu: o garoto guiou o carro na direção dos portões de Slane Castle, onde o veículo bateu e virou.

De acordo com informações do jornal Irish Mirror, ambos se machucaram, mas todos conseguiram sair do carro e voltar para casa andando (eles moravam a alguns metros do local), a descoberta de que o jovem tinha fraturado o crânio, no entanto, veio apenas semanas depois.

O avô diz não saber o que causou o desmaio, mas agradece por seu neto ter salvo sua vida. E o ato não passou batido, pois toda a família ganhou ingressos para assistir a uma partida de futebol na Inglaterra, concedido pelo então chefe da FAI, John Delaney.

Publicidade
Click para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Em Alta